Anvisa aguarda informações para avaliar testes em humanos da Butanvac e Versamune

Empresas precisam entregar propostas de como será realizada a fase em humanos
-Publicidade-
Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Anvisa ainda não autorizou o início de testes em humanos das vacinas Butanvac, do Instituto Butantan, e Versamune, da USP de São Paulo, porque aguarda informações complementares que já foram solicitadas aos desenvolvedores. Os dois imunizantes devem ser produzidos integralmente no Brasil.

Em entrevista à rádio CBN nesta segunda-feira, 5, o gerente-geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, afirmou que as empresas apresentaram dados sobre os estudos que foram feitos em animais, mas não entregaram propostas de como será realizada a fase em humanos.

-Publicidade-

Leia mais: “Butantan entrega mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde”

Há duas semanas, o governo de São Paulo e o governo federal anunciaram os dois imunizantes com a promessa de produção integral em solo brasileiro. As vacinas aguardam autorização do órgão regulador para que possam iniciar a fase I de testes clínicos, que deve apontar a segurança dos imunizantes.

Butanvac

Em 26 de março, logo após o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciar a Butanvac como vacina 100% nacional, a Escola de Medicina Icahn, do Instituto Mount Sinai, dos Estados Unidos, informou que o imunizante foi desenvolvido por eles.

Doria disse que não sabia da informação, mas afirmou: “o importante é termos uma vacina, e temos. Se parte dela é tecnologia internacional, isso é uma boa contribuição, isso é positivo”. O Instituto Butantan também admitiu que a vacina usa tecnologia norte-americana, mas afirmou que ela é livre do pagamento de royalties e será toda produzida no Brasil.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.