Anvisa aprova estudo com células-tronco para tratamento da covid-19

Participarão 60 pacientes com pneumonia viral causada pelo novo coronavírus
-Publicidade-
Fachada do edifício sede da Anvisa em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Fachada do edifício sede da Anvisa em Brasília | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Anvisa aprovou nesta sexta-feira, 1º, o estudo clínico de um produto à base de células-tronco para tratamento de pacientes com pneumonia viral em decorrência da covid-19.

Trata-se de um ensaio clínico de fase 1 e 2 com o objetivo principal de avaliar a segurança no tratamento de pacientes. A pesquisa é patrocinada pela PUC do Paraná.

Leia mais: “Paes comemora retomada do ‘passaporte da vacina’ no Rio”

-Publicidade-

Serão incluídos no estudo 60 pacientes com pneumonia viral causada pela covid-19 em situação moderada ou grave. Os dados de segurança coletados durante o ensaio clínico serão supervisionados por um comitê independente.

A autorização abre caminho para possíveis estudos na área da terapia celular avançada, uma vez que ainda não há nenhum registro de medicamento com células-tronco no tratamento de covid-19 no país.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.