Ao lado de Alckmin, Lula defende eleição de ex-guerrilheiro na Colômbia

Vídeo mostra ex-governador de São Paulo visivelmente constrangido
-Publicidade-
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (esq) e o ex-presidente Lula (à dir), durante um evento com centrais sindicais em São Paulo - Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (esq) e o ex-presidente Lula (à dir), durante um evento com centrais sindicais em São Paulo - Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo

Durante um evento promovido por centrais sindicais em São Paulo, Lula pediu aos colombianos que votassem no candidato a presidente Gustavo Petro, senador e ex-integrante da guerrilha de extrema esquerda M-19. Ao puxar um coro — no qual o público repetia as palavras de ordem ditas pelo ex-presidente —, Lula recorreu ao repertório de sempre: “Nós contra eles”. A novidade, contudo, foi o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB) visivelmente constrangido ao fazer parte do jogral. Assista ao vídeo abaixo:

A guerrilha M-19

-Publicidade-

Entre as ações do grupo terrorista está a invasão do Palácio da Justiça, em 1985, quando mais de 300 pessoas foram feitas reféns. A ação durou quase 30 horas e terminou em confronto com o Exército da Colômbia. Entre os mais de 100 mortos estava o então presidente da Suprema Corte, Alfonso Reyes Echandía. Rebatizado Aliança Democrática M-19, o grupo guerrilheiro se transformou em partido político em 1990. Gustavo Petro foi um dos fundadores.

Leia também: “Decreta logo Lula o presidente!”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 113 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

22 comentários Ver comentários

  1. Este “crápula” é a “desgraça” do nosso pais, desde a primeira vez que o vi, a mais ou menos 30 anos atras em uma tela de TV, tive e continuo tendo, a certeza que sua figura encarna tudo que possa haver de pior do ser humano. Temos 4 meses para mostrar ao Brasil que não podemos cometar a “tragédia” de junto com sua “entidade satânica” traze-lo de volta ao poder, pois seria o maior suicídio coletivo da historia da humanidade. Me causa pavor só esta possibilidade.

  2. Mas as pesquisas já mostram o candidato da direita embolado, e lembremo-nos que as pesquisas servem pra tentar induzir o eleitor e sempre erram em favor da esquerda.
    Vamos aguardar!!!

  3. Constrangido????
    Esse PILANTRA fez um teatro durante a carreira política toda, se prestando a fazer um papel de oposição ao bandido, quando na verdade fazia parte do esquema pra manter os bandidos no poder.
    Geraldo Alckimin não passa de um bandido, vagabundo, salafrário, impostor.

    1. O Alkimin vai jogar o pouco que resta da biografia político pessoal no esgoto da história. Além de aliar-se a um ladrão, terá que apoiar as loucuras desse verme ditador, louco e vigativo. O Ciro tem razão em afirmar que o Lula quer se vingar de todo o povo brasileiro.

  4. Como assim, Alckmin constrangido? Por isso? Ora, se tivesse algum constrangimento, se por algum motivo seu catolicismo bradado em alto e bom som tivesse alguma sinceridade, jamais se aliaria ao PT e sua vitrine, o molusco.

    Há muito que o picolé de chuchu perdeu o “sabor”, se é que, como bom chuchu, teve algum dia. Então, não será por isso que terá ficado constrangido, se é que conhece este adjetivo.

  5. Vendeu a alma p o capeta e agora tem que se sujeitar a esse tipo de coisa. Impressionante o perfil da maioria dos políticos que infestam as camaras de vereadores, estaduais e federais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.