-Publicidade-

Após crítica de Moro, Planalto rebate: ‘melhor forma de mostrar que se importa é trabalhando’

Postagem destaca que o governo já investiu ou destinou aproximadamente R$ 1 trilhão para ações de saúde e de preservação do emprego
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Carolina Antunes/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Carolina Antunes/PR

Postagem destaca que o governo já investiu ou destinou aproximadamente R$ 1 trilhão para ações de saúde e de preservação do emprego

Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Carolina Antunes/PR

O Palácio do Planalto reagiu neste sábado, 8, nas redes sociais, a uma crítica feita pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Púbica Sergio Moro sobre o enfrentamento à pandemia.

Na ocasião, o ex-juiz da Lava Jato usou as 100 mil mortes pelo coronavírus para alfinetar o presidente Jair Bolsonaro.

Ao rebater Moro, a Secretaria de Comunicação Especial da Presidência da República apresentou uma série de 18 publicações.

“Para um governo, muito mais do que palavras bonitas, a melhor forma de mostrar que se importa é trabalhando”, publicou a Secom.

No texto, o governo lamenta “cada uma das vítimas da covid-19, e de todas as outras doenças”.

“O resultado de tanto esforço é que somos uma das nações que mais recupera contaminados: já são mais de 2 milhões de brasileiros salvos. Temos uma de menores taxas de óbitos por milhão entre os grandes países”, destaca a Secretaria.

A Secom afirma que o governo brasileiro “trabalhou desde muito cedo para não deixar ninguém para trás”.

Entregas do governo federal na pandemia

A equipe de comunicação de Bolsonaro também afirmou que o governo do Brasil já investiu ou destinou um total de aproximadamente R$ 1 trilhão para ações de saúde e de preservação do emprego e da dignidade dos brasileiros.

“O governo já entregou a estados e municípios R$ 63,3 bilhões, 11.353 UTIs, 9.189 respiradores, 16.038 profissionais médicos, 214 milhões equipamentos de proteção e 13,3 milhões testes”, afirma a postagem.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês