Após dupla derrota em 2020, Caetano Veloso aposta em Ciro Gomes

Cantor investiu nas campanhas de Guilherme Boulos e Manuela D'Ávila
-Publicidade-
Ciro Gomes [à esq.] ganha apoio de Caetano Veloso; cantor foi derrotado duas vezes nas eleições de 2020
Ciro Gomes [à esq.] ganha apoio de Caetano Veloso; cantor foi derrotado duas vezes nas eleições de 2020 | Foto: Reprodução/Instagram

O cantor e compositor Caetano Veloso começou 2021 de olho na disputa presidencial do ano que vem. Por meio de postagem em seu perfil no Instagram no último sábado, 2, ele anunciou já ter candidato para a função: Ciro Gomes, do PDT.

Leia mais: “Senadora entra para a lista de tucanos insatisfeitos com Doria”

A declaração de Caetano em prol do pedetista ocorre meses após ele investir — literalmente — em duas candidaturas de membros de outros partidos da política brasileira. Durante a campanha eleitoral de 2020, o cantor baiano chegou a travar luta na Justiça Eleitoral para realizar transmissão on-line em favor de Guilherme Boulos (Psol) e Manuela D’Ávila (PCdoB), então candidatos às prefeituras de São Paulo e Porto Alegre, respectivamente. O valor arrecadado para a apresentação virtual foi doado ao socialista e à comunista. Entretanto, ambos foram derrotados no segundo turno no pleito de 2020.

-Publicidade-

Quarta tentativa?

Agora apoiado por Caetano Veloso, Ciro Gomes contabiliza três derrotas em campanhas para a Presidência da República. Não chegou ao segundo turno em nenhuma oportunidade. Primeiramente, em 1998, ficou em terceiro lugar, a mesma situação enfrentada em 2018. Em 2002, ficou na quarta posição.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.