Após quase 600 dias, STF retorna às atividades presenciais

Medidas sanitárias rígidas estão previstas, e algumas atividades permanecerão suspensas
-Publicidade-
Ministro Luiz Fux determinou a volta das sessões presenciais dos ministros e a reabertura do atendimento presencial ao público
Ministro Luiz Fux determinou a volta das sessões presenciais dos ministros e a reabertura do atendimento presencial ao público | Foto: Divulgação/STF

Após determinação do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, em 26 de outubro, o STF iniciou nesta quarta-feira, 3, a volta das sessões presenciais dos ministros e a reabertura do atendimento presencial ao público. No total, foram 596 dias de atividades remotas do órgão.

No entanto, o acesso ao local permanecerá restrito aos servidores e colaboradores que trabalham diretamente no Supremo e aos representantes das partes dos processos pautados.

-Publicidade-

Tanto o público interno como o externo deverão apresentar o certificado de vacinação emitido pelo aplicativo ConecteSUS, do Ministério da Saúde, usar máscaras de proteção facial e realizar a medição de temperatura. Atividades como visitas guiadas e acesso à biblioteca, ao museu e ao restaurante ainda estão suspensas.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.