Revista Oeste - Eleições 2022

Barroso aciona STF contra ex-senador Magno Malta por calúnia

Político precisa responder depois de dizer que ministro do STF é alvo de processos envolvendo a Lei Maria da Penha
-Publicidade-
Ex-senador Magno Malta é cobrado pelo STF depois de declaração sobre Barroso
Ex-senador Magno Malta é cobrado pelo STF depois de declaração sobre Barroso | Foto: Agência Senado

O ministro Luís Roberto Barroso apresentou uma queixa-crime contra o ex-senador Magno Malta (PL-ES) no STF (Supremo Tribunal Federal) pelos crimes de calúnia, injúria e difamação. O caso está com Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news, que já concedeu prazo de 15 dias para o político se manifestar.

As declarações de Malta sobre Barroso aconteceram no sábado, durante o Cpac Brasil, evento político realizado em Campinas (SP). Na oportunidade, o ex-senador afirmou que o ministro “tem dois processos no Superior Tribunal de Justiça (STJ), na Lei Maria da Penha, de espancamento de mulher”.

Na queixa-crime, Barroso argumenta que, mais que ataques contra sua honra, as declarações de Magno Malta tinham como objetivo a difusão de desinformação contra o Judiciário e a promoção de atos antidemocráticos.

-Publicidade-

Em despacho, o ministro Alexandre de Moraes manifestou que “é evidente” que a atitude de Magno Malta tem conexão com as que são investigadas no inquérito das fake news.

Malta se manifestou sobre a questão por meio de suas redes sociais na terça-feira 14. O ex-senador disse que vai responder, apesar de entender que o STF não é o foro adequado para a questão. Na publicação, ainda sustentou que faz a mesma crítica a Barroso desde 2013, compartilhando um vídeo de quando ocupava uma cadeira no Senado.

“O meu foro não é o Supremo Tribunal Federal. Mesmo assim, eu soube que serei intimado e, como respeito as leis, irei responder. No entanto, as críticas em relação ao ministro Barroso ocorrem desde 2013”, declarou Malta.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. Vagabundos de direita, vagabundos de esquerda, vagabundos do Centrão, todos desgraçados filhos da mesma mãe com um jumento. Parem de reclamar da vida, vão trabalhar, vão estudar, deixem de ser otários e parem de falar idiotices, seus idiotas ignorantes, incompetentes, impotentes de sexualidade duvidosa. Falam em golpe militar ou em luta armada, mas vivem escrevendo bobagens no celular, nunca pegaram em uma arma, nunca atiraram em ninguém, nunca mataram um único bandido. Molengas incompetentes!

  2. Ocorre no país, uma gigantesca inaptidão para interpretação de textos, declarações e falas. Magno Malta não disse explicitamente que o ministro abusou de mulher e sim que ele foi acusado com base na Lei Maria da Penha e absolvido de forma espúria num processo cuja sentença foi dada de forma exageradamente rápida e sumária. Isso não ocorre com nenhum simples cidadão brasileiro. Portanto não houve calúnia por parte de Magno Malta mas apenas o louvável dever de trazer à luz, constrangedores fatos acerca do ministro já na época da sua sabatina no Senado. Nada mais.

  3. Que merda de país! as pessoas estão sendo perseguidos por dizer coisas e não por fazer… que tipo de gente psicopata maligna e doente mental que está saindo essas universidades hein?!!!

  4. Não dá bola para eles Magno, não merecem resposta, são uns merdas, não valem nada e aínda são sustentados com nosso dinheiro, e muito. Não valem um centavo…

  5. Esperar o que desta “corte” e de certos ministros?O mesmo de sempre, infantis e sabotadores da constituição. Os pagamos para estas atitudes, enquanto a população clama por liberdade e avanços.

  6. Somente uma força maior poderá recolocar o país de volta sob o regime da lei e da ordem… Daqui em diante iremos vivenciar, cada vez mais, a extinção de nossas liberdades constitucionais… Ou algo acontece, ou vamos sucumbir a escravidão eterna…

  7. Barroso é quem mais ofende a CORTE SUPREMA. No passado disse no EXTERIOR que as decisões do STF parecem coniventes com a corrupção, deixando contrariados seus pares. No plenário, alto e bom som disse para Gilmar Mendes: “você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com o atraso e pitadas de PSICOPATIA”. No tribunal observou foto das lideranças do PMDB comemorando a saída do partido do governo DILMA e disse para alunos :”Meu Deus do Céu, essa é nossa alternativa de poder”, e não se declarou suspeito para ser RELATOR do inquérito dos portos que investigava Michel Temer e membros do PMDB, inclusive prorrogando por 4 vezes as investigações da PF com o seu delegado escolhido. Isso não é ingerência na PF?. Defendeu ardorosamente a FORJADA e FAJUTA delação premiadíssima dos irmãos Batista os maiores criminosos financeiros, para DETONAR o governo TEMER, que só não caiu porque tem boa articulação no CONGRESSO e conhece mais de direito constitucional do que essa figura.

  8. Pimenta nos olhos, pra não dizer outro lugar que o Barrosinho gosta, dos outros é refresco. Que se levante os tais processos da biba. Impeachment já. Acorda Pachequinho!!!!

  9. Esse processo deveria ir para a primeira instância, já que o ex senador não tem foro privilegiado e as falas não tem nada a ver com atos antidemocráticos! Tudo que se fala sobre os ministros do STF agora é ato antidemocrático! Tá uma brincadeira de mau gosto!

  10. Antidemocrático é não respeitar a constituição, antidemocrático é chamar todo mundo que usa a internet de imbecil, antidemocrático é se achar Deus só porquê ganhou uma toga.

    1. Também acho que vai acabar preso. Sem foro privilegiado, sem apoio político, será mais um nas garras do Robespierre brasileiro, o Terror Branco.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.