Barroso suspende condução coercitiva de Wizard à CPI da Covid

Ministro do STF atendeu a pedido da defesa do empresário
-Publicidade-
Wizard: depoimento agendado para 30 de junho
Wizard: depoimento agendado para 30 de junho | Foto: Divulgação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso decidiu, nesta sexta-feira 25, suspender a condução coercitiva do empresário Carlos Wizard para prestar depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. O depoimento de Wizard estava marcado para 17 de junho, mas o empresário não compareceu.

Barroso atendeu a pedido da defesa do empresário, noticiou a Agência Brasil. Segundo os advogados, Wizard confirmou à CPI que retornará ao Brasil e agendou seu depoimento para 30 de junho. Dessa forma, a medida de condução coercitiva, que havia sido autorizada pelo ministro em 18 de junho, seria desnecessária.

“Nessas condições, considero presentes os requisitos para concessão da cautelar requerida. De fato, tendo em vista que o paciente assumiu o compromisso expresso de comparecer perante a CPI referida, tenho por injustificada e desnecessária, neste exame cautelar da causa, a manutenção da ordem de condução coercitiva do paciente”, afirmou o ministro.

-Publicidade-

Leia também: “Barroso autoriza condução coercitiva de Carlos Wizard para prestar depoimento à CPI”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Acho que Barroso percebeu que, se não suspendesse, teríamos o primeiro refugiado político dessa ditadura que se instalou no Brasil através da Suprema Corte. Justiça é o que menos se espera do STF nos dias atuais.

  2. (cont) consegue impor condução coercitiva a uma pessoa que pratica o bem e esta sendo questionado por uma CPI corrupta. Que democracia é esta ministro Barroso que questionou a JUSTIÇA democrática italiana que condenou a prisão perpetua o criminoso que defendia no Brasil?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site