Bate-boca marca a reunião de Bolsonaro com governadores do Sudeste

As falas descambaram para assuntos eleitorais e teve até ameaça
-Publicidade-
Presidente Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada
Valter Campanato/Agência Brasil
Presidente Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada Valter Campanato/Agência Brasil

As falas descambaram para assuntos eleitorais e houve até ameaça

O que era para ser uma discussão de medidas de combate ao coronavírus terminou em bate-boca. Num encontro por videoconferência com governadores do Sudeste na manhã desta quarta-feira, 25, o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), protagonizaram um embate caloroso, informa o jornal O Globo.

As falas descambaram para assuntos eleitorais e houve até ameaça. Doria avisou que pode ir à Justiça contra o governo federal, caso haja confisco de equipamentos e insumos destinados ao combate do novo coronavírus em seu Estado. Bolsonaro reagiu e afirmou que o governador faz “demagogia barata” para chegar a 2022 com capital político.

-Publicidade-

Participaram da reunião os governadores Wilson Witzel, do Rio de Janeiro, Romeu Zema, de Minas Gerais, e Renato Casagrande, do Espírito Santo, além dos ministros Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, e Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura.

Entre as reivindicações dos governadores ao presidente da República está a negociação com o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para que o pagamento das dívídas dos Estados com essas instituições seja adiado por até um ano.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.