-Publicidade-

Bia Kicis adverte deputado que chamou Bolsonaro de ‘genocida’

Não é permitido referir-se de forma "descortês ou injuriosa" a membros do Poder Legislativo ou autoridades, segundo a presidente da CCJ
Bia Kicis repreendeu deputado petista por chamar o presidente Jair Bolsonaro de 'genocida'
Bia Kicis repreendeu deputado petista por chamar o presidente Jair Bolsonaro de 'genocida' | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Bia Kicis (PSL-DF), advertiu deputados da oposição nesta quarta-feira, 24, por chamarem o presidente Jair Bolsonaro de “genocida”. Segundo a parlamentar, não é permitido referir-se de forma “descortês ou injuriosa” a membros do Poder Legislativo ou autoridades da República. “Chamar o presidente Bolsonaro de genocida é uma injúria; aliás, é uma calúnia”, disse Bia Kicis ao deputado petista Paulo Teixeira, um dos agressores. “Eu estou advertindo. E esse regimento impõe penalidades para deputados que descumpram o regimento”, asseverou a presidente da CCJ.

Leia também: “Lewandowski defende avaliar a constitucionalidade da Lei de Segurança Nacional”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Bah… a Bia procedeu corretamente. Agora só falta ela provocar o genocida do pt para que ele, se for macho, faça a denúncia por escrito e prove que o conceito de genocida cabe a alguém no Brasil a não ser os petistas loucos e negacionistas.

  2. paulo teixeira, imbecil, ignóbil, déspota. Em resumo um grande FDP. É um frouxo, cuja coragem é dada por seguranças. Sozinho, é uma “Barbi”!

  3. E os que chamam são o quê? No mínimo, boiolas desmunhecadas, ladrões cara-de-paus, sapatões, drogados e por aí afora. A lista é infinita em tudo que não presta!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.