Bia Kicis reage a protesto de indígenas sobre projeto que afeta demarcações

'O processo legislativo não pode ser refém de opositores violentos, seja quem for. Amanhã a CCJ retorna', garantiu
-Publicidade-
Presidente da CCJ da Câmara, Bia Kicis | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Presidente da CCJ da Câmara, Bia Kicis | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputada Bia Kicis (PSL-DF), decidiu suspender uma sessão em que estava prevista a votação de um projeto de lei que pode afetar a demarcação de terras indígenas. A decisão foi tomada após um grupo de índios tentar invadir a Casa nesta terça-feira, 22. Policiais foram feridos com flechas, conforme noticiou Oeste em primeira mão.

Segundo Bia Kicis, a medida atendeu a pedido da Polícia Legislativa para que fosse garantida a segurança de servidores e de parlamentares e também em respeito aos policiais feridos. “O processo legislativo não pode ser refém de opositores violentos, seja quem for. Amanhã a CCJ retorna”, garantiu, nas redes sociais.

Leia mais: “Reforma administrativa só passa com pressão popular, diz ex-ministro da Infraestrutura”

-Publicidade-

O PL 490 é uma das prioridades da Frente Parlamentar da Agropecuária e prevê, entre outras medidas, a criação de um marco temporal para delimitar o que são terras tradicionalmente ocupadas pelos indígenas, o que afeta as demarcações e pode permitir atividades econômicas em alguns territórios.

“Saldo das flechadas de hoje na Câmara: 1 policial militar flechado no pé,1 policial legislativo gravemente ferido na coxa, sendo submetido a cirurgia agora, e1 policial ferido no tórax, passando mal com suspeita de envenenamento. Testemunhas afirmam que os índios chegaram atirando”, finalizou a presidente da CCJ.

Vídeo

A deputada também compartilhou o vídeo de um policial ferido a flecha.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Como se manifestara o STF? Atos anti democráticos ou manifestação democrática? Tomara alguma medida de proteção ao Congresso Nacional?

  2. ATÉ DUVIDO QUE TODOS FOSSEM ÍNDIOS! Mas de uma coisa eu tenho certeza, esse ATAQUE foi orquestrado pelos MALDITOS deputados da esquerda🤬💩🤮ESSES PARTIDOS SÃO UM ATRASO P/O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL!! Bolsonaro reeleito 🙏🏻😎🇧🇷❤️

  3. ESSES MANIFESTANTES, E SEUS MENTORES INTELECTUAIS, FORMAM AQUELE TIPO DE CRIATURA QUE SOMENTE SABE USAR DE VIOLÊNCIA PARA FAZER SUAS REIVINDICAÇÕES! QUEM NÃO TEM ARGUMENTOS RACIONAIS USA A FORÇA BRUTA, ASSIM COMO OS ANIMAIS.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site