Biden, Zelensky e ONU. Veja quem Lula criticou na entrevista à Time

Petista disse que presidente ucraniano é tão culpado quanto o russo Vladimir Putin pela guerra entre os dois países
-Publicidade-
Lula comentou guerra na Ucrânia e suas consequências políticas e econômicas
Lula comentou guerra na Ucrânia e suas consequências políticas e econômicas | Foto: BW Press/Shutterstock

Em reportagem de capa publicada nesta quarta-feira, 4, a revista Time retratou a nova chance de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na política brasileira. A narrativa da publicação norte-americana apresenta o petista como uma esperança democrática nas eleições contra o atual presidente Jair Bolsonaro, descrito como um líder da ‘extrema direita’.

Mas a entrevista foi além da política brasileira. A Time abriu espaço para Lula analisar temas importantes da geopolítica atual, da guerra na Ucrânia ao papel da Organização das Nações Unidas (ONU), passando pela crise energética enfrentada pela Europa. De quebra, o pré-candidato do PT afirmou que o Brasil “voltará a ser protagonista no cenário internacional” se ele for eleito.

Volodymyr Zelensky (presidente da Ucrânia)

“Eu vejo o presidente da Ucrânia falando na televisão, sendo aplaudido de pé por todos os parlamentares (europeus). Esse cara é tão responsável quanto (Vladimir) Putin pela guerra. Porque na guerra, não há apenas uma pessoa culpada.”

“Você está encorajando esse cara, e então ele pensa que é a cereja do seu bolo. Devíamos ter uma conversa séria. OK, você era um bom comediante. Mas não vamos fazer guerra para você aparecer na TV.”

Joe Biden (presidente dos EUA)

“Os Estados Unidos têm muita influência política. Biden poderia ter evitado a guerra, e não incitado ela (sic). Ele poderia ter participado mais. Biden poderia ter tomado um avião para Moscou para conversar com o Putin. Esse é o tipo de atitude que você espera de um líder.”

ONU

“As Nações Unidas de hoje não representam mais nada. Os governos não levam a ONU a sério hoje, porque tomam decisões sem respeitá-la.  Precisamos criar uma nova governança global.”

Angela Merkel (ex-chanceler da Alemanha)

“Pense na nossa querida Alemanha. Angela Merkel decidiu fechar todas as usinas nucleares. Ela não contava com a guerra na Ucrânia. E hoje a Europa depende da Rússia para energia.”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.