Bolsonaro afirma que árabes pediram posto da Embrapa na região

'Eles querem essa aproximação. Se sentem bem comigo', afirmou o presidente
-Publicidade-
Reunião Bilateral com o Emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum | Foto: Alan Santos/PR
Reunião Bilateral com o Emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado, 13, que autoridades dos Emirados Árabes Unidos querem a instalação de um posto da Embrapa no país. A Embrapa é a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, ligada ao Ministério da Agricultura, uma referência no desenvolvimento de tecnologias e conhecimentos na agricultura e na pecuária.

“Eles querem um posto da Embrapa aqui, por exemplo. Não vou entrar em detalhes. Vamos ter que estudar tudo isso aí. Eles querem essa aproximação. Se sentem bem comigo”, registrou o portal Metrópoles.

-Publicidade-

A declaração foi dada à imprensa após o encontro que teve com o primeiro-ministro dos Emirados Árabes e emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum. Bolsonaro lembrou que que Al Maktoum esteve no Brasil em 2014. “Ele trouxe sua impressão de lá para cá, senti no semblante dele que está bastante feliz em conversar com a gente”.

O presidente Brasileiro também afirmou ter conversado sobre a compra de aviões brasileiros. “Ele tem interesse em adquirir os KC-390. Pode ter certeza que não vai ser por falta de mercado que a Embraer não vai trabalhar”, apontou, ao comentar o imbróglio entre a aérea e a Força Aérea Brasileira, que diminuiu o número de aeronaves encomendadas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. A OPEP tem um peso importante na história mundial. Mas o petróleo é finito. Vivemos milhares de anos sem usar petrõleo, mas se tivesse faltado alimento ou água nós não existiríamos atualmente. Que tal uma OPEA (Organização dos Países Exportadores
    de Alimentos)?

  2. Em que pese o grande valor e prestígio da Embrapa, mas o ambiente e os solos são totalmente diversos do nosso bioma do cerrado. A Embrapa terá que desenvolver do zero naquele ambiente da Arábia Saudita e com certeza terá sucesso mas levará tempo. O mais eficiente e que já está pronto, está ao lado que é em Israel, mas aí são outros quinhentos.

    1. Estive em Israel aprendendo sobre microirrigação e poupança de recursos hídricos na agricultura ! Se eu já gostava dos israelenses , a única democracia da região , passei a admirar esse país e seu povo ! Em tempo ,sou engenheiro agrônomo e aprendi muito em um mês ! Eles adoram o Brasil e os brasileiros !

      1. Exato. Temos muito o que aprender com eles nesse quesito de aproveitamento de recursos hídricos para aplicar principalmente no nosso semi-árido. Já cheguei à conclusão que em ambientes com pouca precipitação pluviométrica, as culturas mais viáveis são a fruticultura, onde a microirrigação é a mais indicada, não sou engenheiro agrônomo mas engenheiro civil mas a vocação do nordeste, a meu ver, é a fruticultura.

      2. Paulo Renato ,você está super correto ! Além da fruticultura também é muito viável a pecuária com pequenos animais adaptados ao clima semi-árido !

  3. Enquanto nosso presidente trabalha para melhorar a vida de todos os brasileiros, a esquerdalha bandida e corrupta quer que o povo coma ração.
    Temos que acabar com a esquerdalha bandida e corrupta no nosso Brasil.

  4. O povo brasileiro agradece o incansável trabalho do nosso Presidente da Republica pelo nosso crescimento, desenvolvimento e respeitabilidade como nação. A nação árabe é grandiosa e é a descendência de muitas famílias brasileiras.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.