Bolsonaro anuncia reajuste de 5% para servidores públicos federais

Medida teria impacto de R$ 6 bilhões, valor acima do R$ 1,7 bilhão previsto no orçamento deste ano
-Publicidade-
Ideia inicial do governo era contemplar apenas as carreiras policiais | Foto: Alan Santos/PR
Ideia inicial do governo era contemplar apenas as carreiras policiais | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) solicitou junto à equipe econômica a elaboração de uma proposta de aumento linear de 5% para os servidores públicos federais. A medida teria um impacto de cerca de R$ 6 bilhões neste ano, acima do R$ 1,7 bilhão previsto para reajustes salariais no orçamento.

A expectativa é que Bolsonaro anuncie nos próximos dias a concessão do reajuste. O aumento é linear e abaixo da inflação para todos os servidores, o que também inclui militares das forças armadas.

Nos bastidores, os interlocutores apontam que o governo quer anunciar o quanto antes a medida para aplacar os movimentos de servidores, que deflagraram greves e manifestações. Inicialmente, a ideia do governo era conceder um aumento apenas para carreiras policiais, mas devido a protestos de outras categorias, o aumento deverá ser estendido aos demais servidores federais.

-Publicidade-

Como o percentual corrige defasagem inflacionária, a concessão do benefício não esbarra na Lei Eleitoral, que proíbe o benefício no período de seis meses antes do primeiro turno da disputa presidencial.

Greve

O governo enfrenta uma série de paralisações no funcionalismo público. Os servidores do Banco Central, por exemplo, estão em greve desde 28 de março, reivindicando reajuste salarial. Na semana passada, anunciaram a suspensão do Boletim Focus, importante relatório com os principais índices econômicos, como o PIB, inflação, câmbio e Taxa Selic.

Os auditores da Receita Federal aprovaram paralisação em dezembro do ano passado e estão em operação padrão. Funcionários do INSS pararam as atividades em março reivindicando, entre outros pontos, uma recomposição salarial. Servidores do Tesouro Nacional também aprovaram paralisações pontuais neste mês.

[jms-related-posts ids=”554276,554270,554198″

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.