Bolsonaro compara Mourão a cunhado: ‘Tem que aturar’

Presidente disse que seu vice 'por vezes atrapalha um pouco'
-Publicidade-
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão <i>(à esq.)</i> | Foto: Bruno Batista /VPR
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão (à esq.) | Foto: Bruno Batista /VPR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o vice-presidente Hamilton Mourão “por vezes atrapalha um pouco” o seu governo. Em entrevista à Rádio Arapuan, de João Pessoa, nesta segunda-feira, 26, ele disse que o vice é como um “cunhado” que é preciso “aturar”.

“O Mourão faz o seu trabalho, tem uma independência muito grande. Por vezes aí atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual a cunhado, né. Você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado embora. Então, estamos com Mourão, sem grandes problemas”, disse.

Leia mais: “MDB: qualquer filiado que aceitar ministério no governo Bolsonaro será convidado a se retirar”

-Publicidade-

Questionado sobre quem escolheria para vice em 2022, Bolsonaro disse que o cargo é “importantíssimo para angariar simpatias”. O mandatário já afirmou que não repetirá a chapa de 2018 no ano que vem, quando deve concorrer à reeleição, e disse que a escolha de Mourão “foi muito em cima da hora”.

“O vice é uma pessoa importantíssima para agregar simpatias. Alguns falam que um bom vice poderia ser de Minas Gerais, ou de um Estado do Nordeste, ou uma mulher ou de perfil mais agregador pelo Brasil. Isso está no radar de qualquer candidatura majoritária no Brasil”, disse Bolsonaro.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários

  1. Pensa numa pessoa que só fala besteiras? Sim. Advinharam!!! Estou começando a sentir náuseas destas falas e nas intenções nada republicanas…

  2. Que falta de educação, civilidade e compostura. O Vice tem ficado o tempo defendendo o Presidente, amenizando questões polêmicas que envolveram o “filhotísmo” , apagando incêndios sobre as queimadas na Amazônia , apaziguando as interpretações estapafúrdias do Presidente sobre tudo e sobre todos e recebe isso de volta. Por outro lado nunca conspirou contra o Presidente agora durante a CPI como fez Michel Temer com os Presidentes da Câmara e do Senado à época. Nunca criticou as aberrações presidenciais no combate à pandemia. Manteve-se calmo e solidário na grande maioria das vezes defendendo a equipe econômica e os demais ministros do Governo sem nunca emitir uma crítica contundente ou contrária ao Governo, apesar do desgoverno. É uma pena ser tratado como um cunhado que se tem que aturar. Na verdade o tempo todo o Vice teve que aturar o Presidente como um cunhado que não se pode demitir. Aliás, o PR pode ser sim demitido( numa CPI, por exemplo) o Vice não.

  3. Mais um comentário desnecessário do Presidente. Ele tem, ou deveria ter, plena consciência de que a imprensa irá explorar suas falas para criar um atrito desnecessário entre ele e o seu vice.

  4. Aiiinnnnn, o presidente foi deselegante…..
    Porra nenhuma, votei nele por falar o que pensa e falar a vdd, o povo tá acostumado com tapinha nas costas e punhalada por trás, acostumado com o politicamente correto que nos levou p lama da corrupção e da mentira. Foda-se, prefiro mil vezes a vdd, e qualquer pessoa que tenha caráter, inclusive o Mourão, vai preferir ouvir verdades sobre si. O PRESIDENTE falou exatamente o que eu penso sobre o vice.👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾

  5. Todo vice é incômodo. Quem aceita o cargo tem que saber que não será uma lua-de-mel. Mas, no caso concreto, temos o Bolsonaro, que usa um “humor militar” nem sempre compreendido pelo público em geral. Quem prestou serviço militar consegue perceber isso. Por outro lado, cabe um elogio ao vice. O general Mourão, para minha surpresa, tem se mostrado um excelente vice-presidente. Permanece dentro do seu espaço, não sabota a gestão do chefe, mas não abre mão de sua própria identidade. Espero que prossiga na política em cargos executivos, depois do atual mandato.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro