Bolsonaro critica governadores por descumprimento de decreto dos serviços essenciais

Para o presidente, ao não permitirem a reabertura de academias, salões de beleza e barbearias, governadores deixam aflorar lado autoritário.
-Publicidade-
Bolsonaro criticou governadores por não permitirem reabertura de salões de beleza e academias | 
Foto: Marcos Corrêa / PR
Bolsonaro criticou governadores por não permitirem reabertura de salões de beleza e academias | Foto: Marcos Corrêa / PR

Para o presidente, ao não permitirem a reabertura de academias, salões de beleza e barbearias, governadores deixam aflorar lado autoritário

O presidente Jair Bolsonaro utilizou, nesta terça-feira, as redes sociais, para criticar os governadores que se negaram a cumprir o decreto publicado por ele ontem no Diário Oficial da União e que incluiu academias de ginástica, salões de beleza e barbearias nos serviços essenciais a serem prestados a população.

Bolsonaro sugeriu que os governadores procurassem o Congresso ou a Justiça para contrariarem a decisão. No entanto, decisão de 15 de abril do Supremo Tribunal Federal permitiu que Estados e municípios tenham autonomia para decidir sobre a adoção de restrições e orientações de confinamento social, permitindo, assim, que o decreto seja ignorado às custas do desespero dos profissionais que seriam beneficiados.

“O afrontar o estado democrático de direito é o pior caminho, aflora o indesejável autoritarismo no Brasil”, comentou o presidente. “”Nossa intenção é atender milhões de profissionais, a maioria humildes, que desejam voltar ao trabalho e levar saúde e renda à população”.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também usou as redes sociais para deixar claro que o Estado não vai flexibilizar o confinamento.

Outro que também se manifestou no Twitter foi o governador de Alagoas, Renan Filho.

Romeu Zema, de Minas Gerais, e Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul também já se colocaram contra a reabertura proposta pelo presidente, esclarecendo, no entanto, que, em alguns municípios dos estados que governam, os serviços já voltaram a funcionar.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. O Presidente Bolsonaro é um político brilhante. Ele continua passando a crise econômica para os braços dos governadores e prefeitos idiotas. Como diz o ditado, quem pariu Mateus que o embale. Aplaudo porque concordo que o caos social que está chegando a galope não será de sua responsabilidade.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.