Bolsonaro critica Moraes por investigação sobre Michelle: ‘Ultrapassou todos os limites’

Em live nesta terça-feira, presidente se referiu à apuração da Polícia Federal a respeito de gastos de seu gabinete
-Publicidade-
Jair Bolsonaro exibe camiseta em referência à primeira-dama, Michelle
Jair Bolsonaro exibe camiseta em referência à primeira-dama, Michelle | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou nesta terça-feira, 27, Alexandre de Moraes, atribuindo ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) uma investigação da Polícia Federal (PF) sobre transações financeiras que envolvem a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

As declarações do presidente Bolsonaro em referência à primeira-dama, Michelle, aconteceram durante live para apoiadores, por meio das redes sociais. Na transmissão, o chefe do Executivo usou uma camiseta com a mensagem “Bolsochelle”.

Uma reportagem da Folha de S.Paulo na segunda-feira, 26, destacou transações financeiras suspeitas realizadas pelo gabinete presidencial, suspostamente para bancar gastos particulares da família Bolsonaro. Em nota, a Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência manifestou que os pagamentos investigados pela Polícia Federal não têm origem em dinheiro público.

-Publicidade-

“Você mexer comigo é uma coisa. Você mexer com a minha esposa, você ultrapassou todos os limites, Alexandre de Moraes. Está pensando o que da vida, que pode tudo? Que pode me prender com uma canetada?”, disse Bolsonaro, na live desta terça-feira.

“Não vem com papinho que a PF vazou, que esse pessoal da PF come na sua mão. Foi você que vazou, pra quê? Para na reta final criar um clima”, acrescentou o presidente.

Na segunda-feira 26, Alexandre de Moraes determinou a quebra do sigilo do tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, um dos principais assessores do presidente da República. A quebra do sigilo foi feita atendendo a um pedido da Polícia Federal.

De acordo com as investigações, a PF encontrou no telefone do principal ajudante de ordens de Bolsonaro mensagens que levantaram suspeitas de investigadores sobre transações financeiras que teriam sido feitas do gabinete do presidente. A polícia investiga se as transações foram feitas com dinheiro público.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

23 comentários Ver comentários

  1. ORA, ORA, SENHORES, QUANDO OFENDEM O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, ESTÃO OFENDENDO TODOS OS BRASILEIROS. E TAMBÉM O COMANDANTE SUPREMO DAS FORÇAS ARMADAS. E ISSO NÃO PODERIA SER ADMITIDO SOB QUAISQUER PRETEXTOS. JÁ ACONTECEU ANTES. E JÁ ACONTECEU EM OUTROS PAÍSES. AS FORÇAS ARMADAS PODEM INTERVIR E ACABAR COM ESSE DESRESPEITO AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, COMANDANTE SUPREMO. JÁ FOI FEITO ANTES E AGORA É MAIS QUE NECESSÁRIO. COM PRAZO DE VALIDADE DE 4 ANOS. LIMPEM O CONGRESSO. LIMPEM O JUDICIÁRIO E DEVOLVAM O PAÍS PARA OS BRASILEIROS HONESTOS, SEM RABO PRESO, SEM PASSADO DE CORRUPÇÃO, APÓS QUATRO ANOS DE ASSEPSIA. MANDEM PARA CUBA E NICARÁGUA OS CORRUPTOS E ESQUERDOPATAS. LÁ ELES SERÃO FELIZES.

  2. O presidente aceitou a interferência do xandão quando da nomeação do chefe da PF, e vem aceitando a interferência do STF desde então, agora não adianta mais reclamar a não ser desobedecer.

  3. Essa estratégia é mais antiga do que Papai Noel usando barba. O país vai ficar bacana no dia em que uma falsa acusação gerar cadeia pesada para quem fabricou o “fato”, além de uma indenização.

    Neste caso a estratégia é que a imagem da pessoa e os votos são sempre afetados, e não poderão ser reavidos.

    Todo o país perde.

  4. Em cerca de 2 meses vai ser bem legal saber como ficou esta “denúncia”. Afinal são centenas e centenas de coisas parecidas que vazam (são plantadas na realidade), são apuradas e depois arquivadas. Mas o dano, planejado, foi atingido.

    Essa estratégia é mais antiga do que Papai Noel usando barba. O país vai ficar bacana no dia em que uma falsa acusação gerar cadeia pesada para quem fabricou o “fato”, além de uma indenização.

    Neste caso a estratégia, é que a imagem da pessoa e os votos são sempre afetados, e não poderão ser reavidos.

    Todo o país perde.

  5. A soberba estupidifica. Essa marionete, infantilmente, pensa que o eleitor vai acreditar em mais esse chilique e que vai continuar impune. Está chegando a hora.

  6. O STF já deu o golpe em Bolsonaro há muito tempo! Bolsonaro não governa e é chantageado com esses inquéritos absurdos! Jogam a rede pra ver se pega alguma irregularidade investigando pessoas próximas ao presidente!

  7. Na época do colégio, na década de 90, tinha um rapaz alegre que passava a mão nas nádegas de todos os colegas homens e saia correndo.

    Na época isso não podia ser deixado para lá, e o assediado tinha a obrigação de correr atrás do assediador e passar a mão em suas nádegas também, ou partir para a agressão física, pois senão seria taxado de afeminado.

    Com o tempo e a revelação de outros fatos, foi descoberto que o assediador tinha tal comportamento justamente para que lhe devolvessem a aquela afronta.

    Talvez seja o caso de alguns políticos infiltrados no STF.

  8. Está procurando sarna para se coçar e vai achar muitas este abutre careca. Vai pagar muito caro por todos estes crimes e esta arrogância sem medida.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.