-Publicidade-

Bolsonaro descarta volta do auxílio emergencial: ‘Vai quebrar o Brasil’

Bolsonaro criticou medidas de fechamento e de restrição de horário do comércio adotadas no Estado de São Paulo e em Belo Horizonte
Live do presidente Jair Bolsonaro (28/1/2021)
Live do presidente Jair Bolsonaro (28/1/2021) | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro descartou a volta do auxílio emergencial e disse que a medida quebraria o Brasil e poderia trazer o descontrole da economia.

Na live da quinta-feira 28, Bolsonaro lamentou as mortes ocasionadas pela pandemia, mas pediu à população que conviva com a covid-19 sem “destruir empregos”. Ele também quer o retorno de parte do público aos jogos de futebol.

Leia mais: “Bolsonaro sobre Lira: ‘Se Deus quiser, o nosso presidente’”

“Lamento, o pessoal quer que [o auxílio] continue, vai quebrar o Brasil. Vem inflação, descontrole da economia, vem um desastre e todo mundo vai pagar caríssimo. Temos que trabalhar”, disse o presidente.

Bolsonaro voltou a criticar as medidas de fechamento e de restrição de horário do funcionamento do comércio, adotadas pelo governo do Estado de São Paulo e pela prefeitura de Belo Horizonte.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês