Bolsonaro dispara: ‘Autoridades destruíram o emprego no Brasil’

Presidente afirmou que sempre defendeu que o combate ao vírus chinês e ao desemprego deveriam ser tratados simultaneamente
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR

Presidente afirmou que sempre defendeu que o combate ao vírus e ao desemprego deveriam ser tratados simultaneamente

Bolsonaro
O presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: CAROLINA ANTUNES/PR

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a reabertura econômica do Brasil neste domingo, 23. Em vídeo publicado nas redes, o chefe do Executivo afirmou que sempre defendeu que o combate ao vírus chinês e ao desemprego deveriam ser tratados simultaneamente.

-Publicidade-

Além disso, Bolsonaro afirmou que algumas autoridades “destruíram o emprego” no país durante a pandemia. “Não é apenas a questão de vida, é a questão de economia também, é a questão de emprego. Se o emprego continuar sendo destruído da forma como está sendo, mortes virão, outras, por outros motivos”, afirmou.

Na publicação, Bolsonaro citou a afirmação do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, que na sexta-feira, 21, disse que “a pandemia é a prova de que saúde e economia são inseparáveis.”

“Não precisamos escolher entre vidas e bens, ou entre saúde e economia. Essas são escolhas falsas. Pelo contrário, a pandemia é a prova de que saúde e economia são inseparáveis”, finalizou o presidente.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. E a parcela – grande – da imprensa militante? Ninguém fala, ninguém cobra, ninguém responsabiliza? Vai ficar por isso mesmo? É assim? Os CPF tem culpa…

  2. Pois é, Bolsonaro. Você está coberto de razão. Agora aguenta essa: O Coveiro Paulistano que até mandou soldar portas do comércio de sua cidade, está em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para se reeleger à prefeitura. O que me diz disso, Bolsonaro?

    1. E então como é que ficamos? o destemperado e tosco capitão, eleito legitimamente por 57 milhões de brasileiros tinha razão? E a chamada grande imprensa, reconhecerá sua cretinice ou continuará fazendo cara de paisagem como se não fosse com ela?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.