Bolsonaro diz que Exército representa estabilidade: ‘Atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição’

Presidente afirmou que "os momentos são difíceis" e que "vivemos uma fase um quanto imprecisa"
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

Em evento de promoção de oficiais-generais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 8, que o Exército representa “uma estabilidade” para o Brasil e atua “dentro das quatro linhas da Constituição”. Ele destacou, no entanto, que não se pode admitir quem queira sair deste “balizamento”.

Bolsonaro, que é capitão da reserva, disse que ainda integra a força, que chamou de “meu Exército”. O presidente afirmou que “os momentos são difíceis” e que “vivemos uma fase um quanto imprecisa”.

-Publicidade-

Leia mais: “Bolsonaro diz que aumento de 39% no gás é ‘inadmissível’”

“O nosso Exército, tradição, o nosso Exército de respeito, de orgulho, bem como reconhecido por toda nossa população, representa para o nosso Brasil uma estabilidade. Nós atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Devemos e sempre agiremos assim. Por outro lado, não podemos admitir quem por ventura queira sair deste balizamento”, pontou.

O presidente afirmou que o Exército sempre terá como lema a bandeira verde e amarela e a sintonia com os desejos da população. Ele ainda parabenizou os generais promovidos. “Essa promoção, 31 de março, é um marco na vida de cada um dos senhores e temos a certeza de que juntos levaremos o nosso país ao bom destino”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.