Bolsonaro está salvo do impeachment . Por enquanto

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, vai arquivar pedidos de impedimento em tramitação na Casa
-Publicidade-
Presidente da Câmara não quer saber do impeachment de Bolsonaro | Foto: José Cruz/Agência Brasil
Presidente da Câmara não quer saber do impeachment de Bolsonaro | Foto: José Cruz/Agência Brasil

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, vai arquivar pedidos de impedimento em tramitação na Casa

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu a aliados do Centrão que não dará seguimento a quaisquer pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Porém, o presidente da Câmara tem dito a aliados que caberá à Casa adotar medidas para conter a crise econômica, como forma de se sobrepor ao que ele tem classificado como letargia do Poder Executivo em lidar com momentos de adversidade.

Nesta quinta-feira, 19, o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) protocolou um novo pedido de afastamento presidencial. O processo será arquivado. Motivo: falta de lastro probatório e/factual. Politicamente, Maia acredita que um novo impeachment, neste momento, apenas agravaria a crise econômica e sanitária no país.

-Publicidade-

Apesar disso, líderes do Centrão tentam convencer Maia a postergar ao máximo uma decisão sobre o caso. Eles acreditam que a existência de pedidos de impeachment seria o único jeito de conter o ímpeto do presidente contra o Congresso Nacional.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.