Bolsonaro: ‘Estamos, se Deus quiser, na iminência de ter pastor ministro do Supremo’

Presidente pontuou, no entanto, que ex-ministro sabe das dificuldades de ter seu nome aprovado no Senado
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 26, que André Mendonça “sabe das dificuldades” de ser aprovado pelo Senado para ser ministro do Supremo Tribunal Federal.

No momento, a indicação está travada por decisão do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. A declaração foi dada em Boa Vista em evento da igreja Assembleia de Deus.

-Publicidade-

“Estamos, se Deus quiser, na iminência de ter pastor ministro do Supremo”, declarou, e continuou: “Tem currículo invejável. Tenho conversado com ele Mendonça dia muito, que sabe das dificuldades não para passar na sabatina – ele passa na sabatina por nota quase 10 – mas a dificuldade de na votação secreta ter seu nome aprovado”.

“É uma pessoa que tem tomado tubaína comigo há dois anos. Pedi para ele: ‘Quero que toda semana você comece a primeira sessão com uma oração dentro do Supremo Tribunal Federal'”, acrescentou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.