Bolsonaro: ‘Inadmissível achar que aquele bandido vai resolver problemas do país’

Presidente deu o tom do discurso que deve usar contra Lula nas eleições de outubro
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro participou de solenidade que marcou o início dos testes da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Gaslub Itaboraí
O presidente Jair Bolsonaro participou de solenidade que marcou o início dos testes da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Gaslub Itaboraí | Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro fez duras críticas ao petista Luiz Inácio Lula da Silva nesta segunda-feira, 31, e deu o tom do discurso que deve usar contra o adversário nas eleições de outubro.

Ao participar da solenidade que marcou o início dos testes da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do Gaslub Itaboraí, o chefe do Executivo chamou Lula de “bandido”.

“O mesmo cara que quase quebrou o Brasil de vez e deixou um prejuízo de quase R$ 1 trilhão na Petrobras agora quer voltar à cena do crime”, disse Bolsonaro. “Se aquele bando, aquela quadrilha voltar, não vai ser só a Petrobras que eles vão roubar. Vai ser a nossa liberdade. É inadmissível achar que aquele bandido vai resolver os problemas do país.”

-Publicidade-

Em seu discurso, Bolsonaro disse ainda que, caso Lula seja eleito presidente da República, é provável que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e a ex-presidente Dilma Rousseff voltem ao primeiro escalão do governo.

“Alguém acha que, se o cara voltar, José Dirceu não não vai para a Casa Civil? Ou que a Dilma não vai para a Defesa? Seria a Defesa mesmo, já que ela é mandona. E é uma arma poderosa”, completou.

Na semana passada, em entrevista à Rádio CBN do Vale do Paraíba (SP), Lula fez elogios à sua sucessora no Palácio do Planalto, mas deu sinais de que pretende convidar lideranças mais jovens para compor o ministério de seu eventual governo.

Dilma foi ministra de Minas e Energia e ministra-chefe da Casa Civil de Lula. Ela foi escolhida pelo líder petista para ser candidata à sua sucessão, em 2010 — venceu aquela eleição e foi reeleita em 2014. Em 2016, em meio ao escândalo do petrolão e à maior crise econômica da história do país, foi deposta por um processo de impeachment.

Bolsonaro em SP

Jair Bolsonaro também aproveitou para antecipar que irá a São Paulo na quarta-feira 2, ao lado do ministro da Cidadania, João Roma, para vistoriar o andamento das buscas e trabalhos de resgate das vítimas de deslizamentos que deixaram pelo menos 21 mortos no Estado.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. Vai ser preso pelos crimes cometidos, vai depender das negociações depois das eleições, seus radicais apoiadores e os milicianos vão o defender, como estamos no brasil, não deve acontecer nada, talvez, em Haia

  2. ‘Um povo armado jamais será escravizado’ – Jair Bolsonaro. Presida diminua os impostos sobre as armas. O povo de bem precisa acordar e ir a luta, primeiramente de modo pacífico. Mas se não for, vamos pro pau.

  3. Log vai alguém ao Esseteefe para impedir o uso da palavra “bandido” para o bandido. Temos que reeleger Bolsonaro no primeiro turno — é uma questão de honra para os brasileiros do bem.

  4. Esses criminosos vão ser aposentados definitivamente em 2022, estão todos velhos, fim de carreira. Temos que reeleger Bolsonaro em primeiro turno.

  5. Lula concorrendo a Presidência do Brasil é uma desmoralização e um vexame completo para o país. E o PT já deveria ter sido extinto e tornado ilegal, tamanha a quantidade de pessoal da cúpula do partido envolvidos em processos criminosos, a maioria condenados e presos. O povo já foi as ruas dar carta branca ao Presidente. Tá faltando as milhares de entidades do país se posicionarem!! Cadê OAB, FIESP, Associação de Magistrados, etc, etc

  6. Estão todos jogando fora das 4 linhas , menos o executivo!!
    Acredito que talvez não possa fazer nada, diante da apatia das forças armadas !!
    Se Lula vencer as eleições na fraude, possivelmente os generais, almirantes e brigadeiros baterão continência para o maior ladrão do planeta, e ainda sorrindo de canto a canto !!!

  7. Presidente somente o Sr. esta respeitante a independência dos poderes e jogando dentro das 4 linhas os brasileiros não aguentam mais, já passou da hora de por em prática o lema da bandeira nacional “ORDEM E PROGRESSO”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.