Bolsonaro inicia ofensiva contra governadores

Presidente da República quer pressionar chefes do Poder Executivo a abrir divisas e permitir atividade econômica
-Publicidade-
Os presidentes da República, Jair Bolsonaro, faz declaração à imprensa no Planalto
Foto: Carolina Antunes/PR
Os presidentes da República, Jair Bolsonaro, faz declaração à imprensa no Planalto Foto: Carolina Antunes/PR

Presidente da República quer pressionar chefes do Poder Executivo a abrir divisas e permitir atividade econômica

O presidente Jair Bolsonaro pretende fazer durante os próximos dias uma verdadeira ofensiva contra os governadores, principalmente os de São Paulo, João Doria (PSDB), Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e Santa Catarina, o ex-aliado Carlos Moisés (PSL).

-Publicidade-

Com essa tática, o presidente quer pressionar os governadores a liberar estradas e o comércio, de forma que a atividade econômica volte gradualmente, mesmo no curso da pandemia do coronavírus. O presidente receia que o país passe por um colapso econômico nas próximas semanas. Assim, Bolsonaro pretende tentar conscientizar a população de que a culpa pelo fechamento do comércio é tão somente dos chefes de Poder Executivo nos Estados.

Apesar disso, alguns governadores mostram-se irredutíveis quanto à abertura das divisas, como o de São Paulo e o do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Os governadores citados estão trabalhando pelo “quanto pior melhor”! É a politicalha podre agindo contra a nação, colocando interesses eleitoreiros como principal objetivo.
    Um bando de carniças!

  2. Extremos nunca são bons conselheiros.
    O meio-termo sempre será o ideal: até que se chegue a ele demorará muito ainda, Infelizmente.
    Aqui se trata mais de política do que de salvar vidas, tanto de um lado quanto de outro, Infelizmente – e entre esses dois, a população à sua mercê.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site