Bolsonaro: ‘Lucro da Petrobras é um absurdo’

Presidente apelou para que a empresa não aumente o preço dos combustíveis
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro, em transmissão semanal | Foto: Reprodução/ Youtube
Presidente Jair Bolsonaro, em transmissão semanal | Foto: Reprodução/ Youtube

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez apelos na quinta-feira 5 para que a Petrobras não volte a aumentar o preço dos combustíveis no Brasil. Durante uma transmissão ao vivo por redes sociais, o mandatário afirmou que os lucros registrados recentemente pela empresa são “um estupro”, beneficiam estrangeiros, e quem paga a conta é a população brasileira.

O presidente fez críticas pouco antes da divulgação pela Petrobras do resultado do primeiro trimestre, quando a empresa teve lucro de R$ 44 bilhões. Esse valor é 3.700% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

“O Brasil, se tiver mais um aumento (nos preços dos combustíveis), pode quebrar o Brasil. E o pessoal da Petrobras não entende, ou não quer entender. A gente sabe que tem leis. Mas a gente apela para a Petrobras que não aumente os preços”, disse Bolsonaro, durante a transmissão semanal.

-Publicidade-

“Petrobras, estamos em guerra. Petrobras, não aumente mais o preço dos combustíveis. O lucro de vocês é um estupro, é um absurdo. Vocês não podem aumentar mais os preços dos combustíveis”, complementou.

Bolsonaro ainda falou que a Petrobras está “abusando do povo brasileiro” e que “é um crime” aumentar o preço do óleo diesel, combustível majoritariamente usado no transporte no Brasil.

Ministro

O chefe do Executivo citou o ministro Bento Albuquerque, de Minas e Energia, e o presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, com os quais disse que estará durante viagem à Guiana nesta sexta-feira, 6.

“Vocês não podem, ministro Bento Albuquerque e senhor José Mauro, da Petrobras, não podem aumentar o preço do diesel. Não estou apelando, estou fazendo uma constatação, levando-se em conta o lucro abusivo que vocês têm. Vocês não podem quebrar o Brasil. É um apelo agora: Petrobras, não quebre o Brasil, não aumente o preço do petróleo. Eu não posso intervir. Vocês têm lucro, têm gordura e têm o papel social da Petrobras definido na Constituição”, disse.

Empresas

Ainda de acordo com Bolsonaro, empresas petrolíferas internacionais reduziram sua margem de lucro, que atualmente fica entre 10% e 15%, de acordo com o presidente. Na Petrobras, disse o presidente, essa margem seria de 30%.

“Outras petroleiras do mundo, quase todas, diminuíram drasticamente o seu lucro. Vocês continuam em 30%. Outras petroleiras, até mesmo, estão tendo prejuízo. E olha só: vocês têm um nome a zelar. O nome da Petrobras vai para a lama se aumentar mais uma vez o preço do diesel. Eu apelo aqui à Petrobras, ao ministro de Minas e Energia que contenham, não aumentem o preço da Petrobras”, disse.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.