Bolsonaro não dá sinais de mudar a liderança do governo na Câmara

Líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (PSL-GO) permanecerá no posto a despeito de ruídos sugerindo sua substituição por um deputado do Centrão
-Publicidade-
Deputado Coronel Armando (E), vice-líder do governo, e Vitor Hugo (C), líder do governo, são fiéis às orientações do Palácio do Planalto
Deputado Coronel Armando (E), vice-líder do governo, e Vitor Hugo (C), líder do governo, são fiéis às orientações do Palácio do Planalto

Vitor Hugo (PSL-GO) permanecerá na liderança do governo na Câmara a despeito de ruídos sugerindo sua substituição por um deputado do Centrão

Deputado Coronel Armando (E), vice-líder do governo, e Vitor Hugo (C), líder do governo, são fiéis às orientações do Palácio do Planalto e não acreditam em alterações na liderança

O líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (PSL-GO), continua no posto. Diferentemente dos ruídos que circulam na Praça dos Três Poderes, não há qualquer sinalização vinda do próprio presidente Jair Bolsonaro que indique uma substituição de seu representante direto na Casa.

-Publicidade-

Os boatos que circulam no Palácio do Planalto e no Congresso sugerem que Vitor Hugo será substituído pelo deputado Ricardo Barros (PP-PR). Não é a primeira vez que circulam ruídos do tipo. Na Presidência da República, o articulador político, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, nega intenções de trocar o posto, apurou Oeste. Inclusive, lembra sempre aos mais próximos que quem define líderes e vice-líderes é Bolsonaro.

Na liderança da Câmara, o discurso é o mesmo. E vão além. Dizem que Vitor Hugo está fortalecido pelo próprio Bolsonaro. Na quarta-feira, 22, e nesta quinta, 23, o presidente da República postou duas publicações tendo o líder do governo como personagem central. Ambas publicações estão relacionadas à votação do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Vitor Hugo também participou da tradicional live com o presidente.

Manifestação

O deputado Coronel Armando (PSL-SC), vice-líder do governo na Câmara, é uma das fontes ouvidas por Oeste que desconhecem uma intenção do próprio presidente em substituir Vitor Hugo. O parlamentar conversou na tarde de quarta com Bolsonaro, aproveitou para elogiar o trabalho do líder e não sentiu um desejo do presidente em substitui-lo. “Disse que ele [Vitor Hugo] trabalhou muito pela aprovação e eu estava junto com ele. Do presidente, não senti qualquer tipo de manifestação no sentido de mudar a liderança”, afirma.

Soldados

No dia da votação do Fundeb, Vitor Hugo e Armando articularam com líderes partidários a matéria, seguindo sempre a orientação de Ramos e, evidentemente, do próprio Bolsonaro. “O líder vive o melhor momento dele, realmente exercendo seu papel, ligando para todo mundo, pedindo voto e sendo ouvido”, sustenta Armando.

Por esses motivos, o vice-líder do governo não vê necessidade de mudança na liderança. Frisa, contudo, que são soldados cumprindo uma missão. “Se tiver que sair, vamos sair, mas é claro que gostaríamos de permanecer”, destaca. Armando avalia, ainda, que a liderança garante firmeza para as votações. “O governo está com estabilidade”, defende. Ele lembra que a vice-liderança passou por mudanças, mas não há sinais de novas trocas.

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/posts/2025121407636835

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.