Bolsonaro: ‘Não defino preço na Petrobras’

Declaração do presidente foi dada a apoiadores pouco antes de a estatal anunciar um novo reajuste
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Anderson Riedel/PR
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Anderson Riedel/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quinta-feira, 10, que não define os preços de combustíveis na Petrobras; e que os ex-presidentes petistas Lula e Dilma Rousseff interferiram. A declaração foi dada a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, residência oficial, pouco antes de a Petrobras anunciar um novo reajuste.

“No mundo todo aumentou. Eu não defino preço na Petrobras. Eu não decido nada, não. Só quando tem problema cai no meu colo”, disse.

-Publicidade-

Depois de 57 dias sem alterar os preços, a Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis nas refinarias. Os aumentos serão de R$ 0,61 na gasolina e de R$ 0,90 para o diesel, uma elevação de quase 19% e de quase 25% respectivamente.

Senado

Nesta quinta-feira, 10, o Senado deve analisar dois projetos que buscam segurar os preços dos combustíveis. Por falta de acordo, eles não foram votados na quarta-feira 9.

“Uma situação já muito ruim se agravou consideravelmente com a guerra na Europa, e nós precisamos dar essas respostas legislativas, não para resolver todo o problema, mas são iniciativas que nós não podemos deixar de tomar”, disse o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD).

Um dos projetos pendentes determina uma alíquota unificada e em valor fixo para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A outra proposta cria um fundo para financiar a estabilização dos preços. Essa conta seria alimentada por diferentes fontes de receitas federais, como recursos pagos pela Petrobras à União.

Na quarta-feira, 09, houve uma reunião entre Pacheco e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar do assunto.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Pq não pode e agora jose? Liga para Putin e pede para parar a quebra, talkey! É uma anta! Só fala cagando. Um dia diz que não pode a Petrobras aumentar o preço, disse que irá fazer acontecer na Petrobras, trocou o presidente e agora vem com essa. Chama o posto Ipiranga e resolve isso.

  2. Realmente não define preço , mas é seu governo. Assim a reeleição pode ficar mais distante e o 9 dedos mais perto de invadir o país. Por isso, acho que todos esforços deveriam ser empreendidos no sentido de não entregar o país pra essa gente de novo. Mas assim não ajuda.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.