Bolsonaro participa de ‘mutirão’ de filiações ao PL

Presidente da República está no partido desde novembro do ano passado
-Publicidade-
Deputado Coronel Tadeu, presidente Jair Bolsonaro, presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e deputado Coronel Chrisóstomo | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Deputado Coronel Tadeu, presidente Jair Bolsonaro, presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e deputado Coronel Chrisóstomo | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado, 12, em Brasília, de uma cerimônia de filiação de um grupo de deputados ao Partido Liberal (PL). O chefe do Executivo federal está no partido desde novembro do ano passado.

Existe a expectativa de que outro evento como esse seja realizado no próximo final de semana para a filiação de mais deputados, como Carla Zambelli e Bia Kicis.

-Publicidade-

O PL ainda não divulgou a lista de deputados que ingressaram no partido, mas cerca de 12 nomes confirmaram a entrada na legenda neste sábado. A grande maioria saiu do União Brasil.

A Oeste o deputado Coronel Tadeu, um dos que se filiaram hoje, disse que mudou de partido para acompanhar Bolsonaro e defendeu ser fundamental constituir uma base de apoio ao presidente na Câmara.

“A partir de abril o PL deve ter entre 60 e 65 deputados federais, vai ser o maior partido da Câmara. Agora, a expectativa do PL para as eleições é fazer entre 70 e 80 deputados”, afirmou.

Atualmente, a maior bancada é a do União Brasil, resultado da fusão do PSL com o DEM. Entretanto, a agremiação deve perder parlamentares, principalmente os que apoiam Bolsonaro, durante a janela partidária, que termina em 1º de abril.

Segundo Coronel Tadeu, o PL espera ter a maior bancada em 2023 e a intenção é eleger deputados federais em todos os Estados, inclusive no Distrito Federal.

Entre os presentes no evento, estavam a ministra da Secretaria de Governo, Flavia Arruda, que também é presidente do PL no Distrito Federal.

Veja lista divulgada pelo PL de deputados que se filiaram neste sábado

  1. Sóstenes Cavalcante (RJ)
  2. Coronel Chrisóstomo (RO)
  3. Junio Amaral (MG)
  4. Carlos Jordy (RJ)
  5. Loester Trutis (MS)
  6. Ubiratan Sanderson (RS)
  7. Daniel Freitas (SC)
  8. Marcelo Álvaro Antônio (MG)
  9. Delegado Eder Mauro (PA)
  10. Capitão Alberto Neto (AM)]
  11. Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP)
  12. Nelson Barbudo (MT)
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. Eder Mauro é candidato ao senado no Pará.
    Flávia Arruda ao senado no DF., se bem que a preferência do eleitorado é pela Bia Kicis
    Marcelo Álvaro Antônio ao senado por Minas Gerais., se bem que a preferência é pelo Nikolas que tem somente 27 anos. Tem que ter 35 de idade mínima.

  2. Acredito até em 100 eleitos pelo PL no Brasil.
    Seria interessante se o PP fizesse a segunda maior bancada e o Republicanos a terceira maior.
    Também tem o PSC

    1. Isso!… Agora você deve estar se sentindo melhor, não é Severo? Não sou obrigado de gostar do Bolsonaro e nem de você, muito menos.

  3. Esse cidadão, agora abro um espaço para refletir se se trata de um cidadão de sorte ou um azarado completo, mas enfim, surfou numa onda favorável que não exige muito de sua personalidade, de uma situação onde não encontra nenhum concorrente de peso político que possa ameaçar sua candidatura. Eu não gosto dele mas votei no chamado voto anti-PT, nesse ano, se houver um segundo turno, pretendo votar nulo no primeiro turno e aguardar para ver o resultado do segundo turno para ver se voto ou não nulo, novamente. Espero, sinceramente que ganhe no primeiro turno. Pelo menos vai me poupar de ter que ir votar novamente.

    1. vsi pra venezuela, lá vc nao precisa votar, e ou vai peo canadá, lá vc exercerá sua abundancia anal com toda liberdade q lhe convem, aqui onde vivemos, tu é o tipico chupim, duvido q realmente viva do fruto do teu trabalho

      1. Não tenho que presetar contas do meu ofício para um idiota como você, que por sinal, nem sabe escrever. Vá estudar, seu otário.

      2. Aproveite a oportunidade e vá esquentar sua rosca por meia hora e depois vá chupar o saco de seu mito, seu bolsonarista de merda.

  4. Além das alianças com o Centrão (do Lira) e não o Centrâo (do Maia), melhor será que o Ministério da Defesa imponha urgentemente a gestão das urnas eletrônicas com seus TIs e eventuais independentes como o engenheiro Carlos Rocha e equipe que já manifestaram preocupação com a atual equipe interna de TIs. do TSE, para que o presidente Bolsonaro venha se reeleger. Assim, desenvolverão novos softwares e tecnologia avançada digital para evitar possíveis fraudes e eventual auditoria. Creio que somente com o aval do Ministério da Defesa poderemos confiar nos resultados já que a transparência das urnas eletrônicas com o voto impresso foi bombardeada por Barroso e equipe com inconstitucional intervenção na Câmara dos Deputados.
    Portanto, confiantes na gestão das Forças Armadas, creio que a população aceitará o resultado sem quaisquer conflitos que nesse caso sobrariam para as Forças Armadas solucionar. Ai é tarde.

  5. Sobre a tão polêmica e criticada aproximação de JB com o Centrão:

    “Não importa quão dramática ou atraente uma visão particular pareça, o fato é que todos nós somos obrigados, fundamentalmente, a viver no mundo da realidade. Quando a realidade é manipulada para se encaixar numa visão particular, essa informação manipulada se torna um instrumento inapropriado para tomar decisões numa realidade que não perdoa nossas fantasias; por isso, devemos todos nos ajustar à realidade, pois ela não se ajustará a nós”.

    Thomas Sowell (1930), economista norte-americano, crítico social, filósofo político e autor. Largou a universidade e foi servir na Marinha dos Estados Unidos durante a Guerra da Coréia. Graduou-se em Economia na Universidade Harvard em 1958 e depois fez mestrado em economia pela Universidade Columbia.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.