Bolsonaro pede ao Suriname prioridade à Petrobras no setor de petróleo

Presidente faz uma viagem de dois dias ao Suriname e à Guiana, com foco nas recentes descobertas de reservas de petróleo
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro e presidente do Suriname, Chandrikapersad Santokhi | Foto: Reprodução/Governo do Suriname
Presidente Jair Bolsonaro e presidente do Suriname, Chandrikapersad Santokhi | Foto: Reprodução/Governo do Suriname

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 20, ter conversado com o presidente do Suriname, Chandrikapersad Santokhi, sobre uma possível prioridade à Petrobras na exploração de petróleo no país.

Bolsonaro faz uma viagem de dois dias ao Suriname e à Guiana, com foco nas recentes descobertas de grandes reservas de petróleo nos países vizinhos.

-Publicidade-

“Temos a oferecer ao país nossa expertise na prospecção de petróleo e por isso trouxemos o ministro das Minas e Energia”, disse Bolsonaro em uma declaração conjunta à imprensa.

“Eu cumprimento e agradeço o que conversamos há pouco, na possível prioridade para que o país, através da Petrobras, venha a colaborar na prospecção de petróleo e gás”, concluiu.

Bolsonaro chegou durante a manhã a Paramaribo, capital do Suriname, onde foi recebido com honras de chefe de Estado e de Governo.

Os dois presidentes assinaram uma declaração conjunta que detalha os principais acordos e tratados assinados durante a visita. Sobre isso, o chefe de Estado surinamês mencionou longa parceria bilateral entre as nações e destacou os principais pontos tratados durante o encontro.

“Estou convencido de que nossa cooperação no futuro em várias áreas, entre ela comércio, investimentos energia, incluindo petróleo e gás, segurança, defesa, bem como assuntos migratórios e consulares, com certeza renderão resultados concretos em benefício mútuo”, disse o presidente do Suriname.

É primeira visita de um chefe de Estado brasileiro ao Suriname desde 2005. Amanhã, Bolsonaro fará uma visita à capital da Guiana, Georgetown. A previsão é que ele retorne ao Brasil em seguida.

Com informações da Agência Brasil

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.