Bolsonaro, sobre a imprensa: ‘Com todos os seus defeitos, é melhor ela falando do que calada’

'Tem certas coisas que são igual água de poço, só se dá valor quando se perde', afirmou o presidente da República
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

Em evento no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta terça-feira, 14, a liberdade de imprensa e garantiu que jamais vai ser favorável a qualquer medida de censura.

Já o ex-presidente Lula (PT), que tem ambição de disputar o Palácio do Planalto, tem falado, reiteradamente, em “regular” a imprensa e em “controle social da mídia”. Em artigo de capa da edição 76 da Revista Oeste, J.R. Guzzo afirma que “controle social” é censura.

Leia mais: “Bolsonaro se antecipa e libera venda direta de etanol aos postos de combustíveis”

-Publicidade-

“Meu pai falava: tem certas coisas que são igual água de poço, só se dá valor quando se perde. A nossa liberdade de imprensa, com todos os seus defeitos, tem que persistir. No que depender de nós, jamais teremos qualquer medida tentando censurá-la, jamais. Com todos os seus defeitos, é melhor ela falando do que calada”, disse.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro