Bretas ordena bloqueio de R$ 237 milhões em bens de advogado de Lula

Juiz também bloqueou R$ 32,1 mil do associado de Zanin, Roberto Teixeira
-Publicidade-
Advogado Cristiano Zanin, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula das Silva | Foto: Gabriela Biló/SP Press/AE
Advogado Cristiano Zanin, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula das Silva | Foto: Gabriela Biló/SP Press/AE

Juiz também bloqueou R$ 32,1 mil do associado de Zanin, Roberto Teixeira

Cristiano Zanin
Advogado Cristiano Zanin, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Foto: Gabriela Biló/SP Press/AE
-Publicidade-

O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, determinou o bloqueio de R$ 237,3 milhões de Cristiano Zanin Martins, advogado do ex-presidente Lula, do PT.

A decisão, tomada no dia 1º de setembro, foi tornada pública no último sábado, 19.

LEIA MAIS: “OAB pede que STF anule buscas contra advogados investigados em operação”

A ordem foi tomada no âmbito da Operação E$quema S, que apura tráfico de influência e desvios milionários nas seções fluminenses do Sistema S.

Bretas também bloqueou R$ 32,1 mil do associado de Zanin, Roberto Teixeira, e outros R$ 237 mil do escritório de advocacia dos criminalistas.

“O escritório de advocacia Teixeira, Martins e Advogados, que tem à frente os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins, teria sido o precursor no recebimento de honorários advocatícios exorbitantes pagos pela Fecomercio/RJ em prol de interesses particulares de Orlando Diniz”, diz Bretas.

A operação se baseia na delação premiada do ex-presidente da Fecomercio do Rio Orlando Diniz.

Advogados renomados no meio político são investigados. Entre os alvos está Frederick Wassef, ex-defensor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Em entrevista à CNN Brasil, Zanin negou que possua esse montante e disse que foi feita uma construção pelo juiz Bretas para tentar constranger seu trabalho.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. Eiiita 237 milhões???? Os escritórios d advocacia são a porta d entrada d lavatoga, claro q o judiciário não vai deixar as investigações andarem, mas o povo tem q começar a bater. Começando por Toffoli e Alexandre.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site