Caiado decreta luto de três dias em Goiás pela morte de Marília Mendonça

Romeu Zema, governador de Minas Gerais, onde ocorreu o acidente, também lamentou a tragédia
-Publicidade-
Cantora Marília Mendonça | Foto: Reprodução/Redes sociais
Cantora Marília Mendonça | Foto: Reprodução/Redes sociais

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), decretou nesta sexta-feira, 5, luto oficial de três dias em decorrência da morte da cantora Marília Mendonça, que nasceu e morava no Estado.

“Um dia de muita tristeza para a música sertaneja. Foi com imenso pesar que eu e a Gracinha Caiado recebemos a notícia da morte da cantora goiana Marília Mendonça e tripulantes após um acidente de avião, em Piedade de Caratinga, interior de Minas Gerais”, tuitou.

-Publicidade-

Caiado também disse que o velório de Marília Mendonça está autorizado a ser no Goiânia Arena, ao lado do Estádio Serra Dourada, para que os fãs possam se despedir, se esse for o desejo da família.

Romeu Zema (Novo), governador de Minas Gerais, onde ocorreu o acidente, também lamentou a tragédia. “Meus sentimentos aos familiares das vítimas e aos fãs dessa artista tão querida por todos nós mineiros”, escreveu.

Outros políticos e autoridades, como o presidente Jair Bolsonaro, os ministros Fábio Faria (Comunicações), Onyz Lorenzoni (Trabalho) e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, prestaram condolências.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.