Câmara dos Deputados cassa mandato de Flordelis

Parlamentar é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson Carmo
-Publicidade-
Flordelis teve o mandato cassado
Flordelis teve o mandato cassado | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 11, por 437 votos a 7, a cassação do mandato da deputada federal Flordelis (PSD-RJ). A parlamentar é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

O processo criminal ainda não foi julgado, mas os deputados consideraram que a atuação de Flordelis ao longo do caso feriu o Código de Ética da Câmara.

Flordelis responde por homicídio triplamente qualificado — motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima —, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

-Publicidade-

A deputada nega participação no crime.

Leia também: “Flordelis vai a júri popular pela morte do marido”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro