Câmara inicia sessão para votar privatização dos Correios

Parlamentares rejeitaram um requerimento do PT que pedia a retirada do projeto da pauta de votação
-Publicidade-
Agência dos Correios | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Agência dos Correios | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Câmara iniciou nesta quinta-feira, 5, a sessão para votar o projeto de privatização dos Correios. A proposta, encaminhada pelo governo, autoriza a exploração pela iniciativa privada de todos os serviços postais. Caso seja aprovado, o projeto seguirá para a análise do Senado.

Pela manhã, os parlamentares rejeitaram um requerimento do PT que pedia a retirada do projeto da pauta de votação. Somente os partidos de oposição se manifestaram contra a privatização – PT, PSB, PDT, PCdoB, Psol e Rede. Podemos e PV liberaram suas bancadas.

Leia mais : “Moraes atende a pedido do TSE e inclui Bolsonaro no inquérito das fake news”

-Publicidade-

O relator da proposta, Gil Cutrim (Republicanos-MA), apresentou parecer pela privatização da empresa. Entre os pontos, o parecer diz que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) será transformada em uma empresa de economia mista, chamada de Correios do Brasil.

O projeto cria ainda um marco regulatório para o setor e determina regras gerais para o Sistema Nacional de Serviços Postais, incluindo direitos e deveres dos consumidores e normas genéricas para empresas privadas que entrarem no mercado postal.

Acompanhe ao vivo

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro