-Publicidade-

Câmara marca sessão para analisar prisão de Daniel Silveira

Deputado federal está detido desde a noite da última terça-feira, 16
O deputado federal Daniel Silveira
O deputado federal Daniel Silveira | Foto: Reprodução/Instagram

Detido no Rio de Janeiro a mando do Supremo Tribunal Federal (STF) desde a noite da última terça-feira, 16, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) já sabe quando terá a sua situação definida por seus colegas de Câmara dos Deputados. A Casa legislativa realizará sessão no fim da tarde de amanhã.

Leia mais: “Marco Aurélio Mello avalia que ministros combinaram prisão de Daniel Silveira”

Conforme informações divulgadas pela equipe de comunicação da Câmara, a sessão sobre Silveira terá início a partir das 17h de sexta-feira 19. Assim a Mesa Diretora do órgão confirmou as estimativas levantadas por Oeste: de que parlamentares definiriam a situação do integrante do PSL fluminense ainda nesta semana.

Ex-policial militar do Rio de Janeiro, Daniel Silveira cumpre o seu primeiro mandato como deputado federal. Tido como membro da chamada “ala bolsonarista” o PSL, devido ao seu alinhamento com o presidente da República, ele está encarcerado devido à divulgação de vídeo em que tece críticas a ministro do STF. O ministro Alexandre de Moraes entendeu que ele atentou contra o Estado democrático de direito. Posteriormente, a detenção foi confirmada pelo plenário da Corte e mantida por meio de audiência de custódia.

Votação sobre Daniel Silveira

A expectativa da defesa de Daniel Silveira é que ele deixe a prisão a partir do entendimento do plenário da Câmara dos Deputados. Para a prisão dele ser mantida, é preciso que a maioria dos parlamentares valide a decisão tomada por Moraes.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês