-Publicidade-

Carlos Bolsonaro aciona Ministério Público contra restrições no RJ

Parlamentar solicita que seja permitido o trânsito de ir e vir por pedestres em qualquer área que seja de poder da União
Vereador Carlos Bolsonaro | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Vereador Carlos Bolsonaro | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) acionou o Ministério Público do Rio de Janeiro nesta terça-feira, 6, contra restrições impostas à circulação de pessoas em praias e faixas de areia. O filho do presidente Jair Bolsonaro argumenta que as medidas não poderiam ser editadas pois os locais são terrenos da União.

“Solicita este parlamentar que seja permitido o trânsito de ir e vir por pedestres em qualquer área que seja de poder da União e que não tenha restrições impostas pelo ente Federal, haja vista que o prefeito do Rio de Janeiro editou um decreto com uma série de restrições que recai sobre direito de ir e vir em áreas da União”, escreveu.

Leia mais: “Prefeito de Curitiba desiste de multar quem doar comida aos sem-teto”

Carlos Bolsonaro afirma que estudos científicos constatam que pessoas que se exercitam e pegam sol, mantendo o bom senso, estão em vantagem no combate à covid. Ele diz não ser “plausível que prefeitos e governadores bloqueiem áreas abertas como praias e similares para atividade física e geração de empregos”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.