Cármen dá 5 dias para governo explicar ‘desmatamento’

Ministra do STF acatou pedido da Rede Sustentabilidade. Partido de esquerda garante que Bolsonaro e Salles "omitem" informações sobre a Amazônia
-Publicidade-
A ministra do STF, Cármen Lúcia Antunes Rocha participa da abertura do 7º Fórum Liberdade de Imprensa & Democracia | Foto: ANTÔNIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
A ministra do STF, Cármen Lúcia Antunes Rocha participa da abertura do 7º Fórum Liberdade de Imprensa & Democracia | Foto: ANTÔNIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL | A ministra do STF, Cármen Lúcia Antunes Rocha participa da abertura do 7º Fórum Liberdade de Imprensa & Democracia | Foto: ANTÔNIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Ministra do STF acatou pedido da Rede Sustentabilidade. Partido de esquerda garante que Bolsonaro e Salles “omitem” informações sobre a Amazônia

cármen lúcia
Sigla pede ao Supremo que determine “medidas concretas para controle do desmatamento” | Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
-Publicidade-

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia determinou que o presidente Jair Bolsonaro e o titular do Meio Ambiente, Ricardo Salles, prestem informações sobre os dados anuais do “desmatamento” na Amazônia. Além disso, a juíza do STF pediu que o governo envie à Corte as medidas de preservação já adotadas. O entendimento da ministra se deu depois de a magistrada acatar uma ação da Rede Sustentabilidade.

O partido de esquerda argumenta que há “omissão” do governo no que diz respeito à política ambiental. Entre outros pontos, a sigla pede ao Supremo que determine “medidas concretas para controle do desmatamento”. Dessa forma, Bolsonaro e Salles terão o prazo máximo — e improrrogável — de cinco dias para enviar os dados. Cármen ainda pediu informações complementares à Advocacia-Geral da União e à Procuradoria-Geral da República.

Leia também: “Oswaldo Eustáquio tem pedido de liberdade negado”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

17 comments

  1. Enquanto ficam dando prazos de respostas para o Executivo, pq o STF não julga os réus da Lava-jato? Todos os crimes irão prescrever e nada.

    1. STF não está a altura do Brasil…um lamentável tribunal de excessão…solta marginais de alta periculosidade, se omite de julgamentos dos com foro privilegiado… está o STF a serviço do PCC? STF apequenou na sua magna função.

  2. Seria muito oportuno que a ministra também se preocupasse com aquele processo sobre royalties do pré-sal, que devem ser compartilhados com todos os municípios brasileiros e que, ao que dizem interessados, está há anos sem andamento, no gabinete dessa senhora!!!

  3. Já passou da hora de Bolsonaro dar uma dura nesta quadrilha de abutres de toga, mandando catar coquinhos e não se meter no executivo. E ponto final. Que vão trabalhar defendendo a Constituição e julgando políticos corruptos, pois tem trabalho de monte.

  4. STF não está a altura do Brasil…um lamentável tribunal de excessão…solta marginais de alta periculosidade, se omite de julgamentos dos com foro privilegiado… está o STF a serviço do PCC? STF apequenou na sua magna função.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site