Cármen Lúcia envia para o TRF-1 inquérito contra Ricardo Salles

Ex-ministro é acusado de supostos crimes de obstrução de investigação ambiental, advocacia administrativa e organização criminosa
-Publicidade-
Ricardo Salles não é mais ministro do Meio Ambiente
Ricardo Salles não é mais ministro do Meio Ambiente | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), remeteu para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) o inquérito contra Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente, por supostos crimes de obstrução de investigação ambiental, advocacia administrativa e organização criminosa.

A decisão justifica-se porque o TRF-1 está encarregado do processo que vai decidir se as investigações iniciadas a partir da Operação Handroanthus, que registrou apreensão histórica de madeira, ficarão sob a alçada da Justiça Federal no Amazonas ou no Pará.

Os próximos passos

-Publicidade-

Segundo Cármen Lúcia, assim que o TRF-1 decidir qual juízo é competente para seguir com as apurações, os autos devem ser encaminhados. A ministra registrou, ainda, que caberá a tal juízo analisar as medidas cautelares deferidas por ela, como a suspensão de todos os processos em trâmite no Pará e no Amazonas relativos à Operação Handroanthus e a entrega do passaporte de Salles. Até lá, as medidas seguem em vigor.

Na decisão, a magistrada afirmou que, como o ex-ministro foi exonerado do cargo, não há mais a competência penal originária do STF para supervisionar o inquérito.

Na mesma toada, Cármen Lúcia considerou que não poderia analisar alguns pedidos feitos nos autos do processo — um de autoria de uma madeireira, para que bens apreendidos no âmbito da Handroanthus fossem restituídos; e um recurso da defesa de Salles contra a decisão que determinou a retenção de seu passaporte.

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Leia também: “Ricardo Salles recorre de decisão do STF que proíbe saída do país”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site