Com queda da Vale, Mercado Livre passa a ser a empresa mais valiosa da América Latina

Mineradora brasileira encolheu cerca de US$ 40 bilhões em valor de mercado desde julho
-Publicidade-
Logo do Mercado Livre | Foto: Reprodução
Logo do Mercado Livre | Foto: Reprodução

Avaliado em US$ 90 bilhões, o Mercado Livre se tornou a empresa mais valiosa da América Latina nesta segunda-feira, 20. A companhia argentina desbancou a Vale, mineradora brasileira que encolheu cerca de US$ 40 bilhões em valor de mercado desde julho.

A Vale terminou o pregão com valor de mercado na casa dos US$ 78 bilhões. Em terceiro lugar, vem o Walmart México, avaliado em US$ 61,8 bilhões, a Petrobras, com valor de US$ 61 bilhões, e a mexicana America Movil, avaliada em US$ 59,2 bilhões.

Leia mais: “Exportações de carne suína estão aquecidas neste mês”

-Publicidade-

Entre as causas para a queda da Vale está a situação da empresa chinesa Evergrande. Oeste preparou uma reportagem especial explicando a situação, leia aqui: Do setor imobiliário ao futebol: quem é a Evergrande, a empresa que deixou investidores em pânico.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.