-Publicidade-

Comissão de Fiscalização e Controle aprova convocação de Braga Netto

Ministro prestará esclarecimentos sobre compras com supostos indícios de superfaturamento pelas Forças Armadas
General Walter Braga Netto é o mais novo ministro da Defesa
General Walter Braga Netto é o mais novo ministro da Defesa | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 31, a convocação do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, para prestar esclarecimentos sobre compras com supostos indícios de superfaturamento pelas Forças Armadas. O requerimento previa a convocação do ex-titular da pasta Fernando Azevedo e Silva, mas foi aprovado com o adendo de supressão do nome, uma vez que o general deixou o comando do Ministério da Defesa. Com a aprovação, o novo ministro terá até 30 dias para comparecer ao colegiado, após receber o ofício de convocação. Diferentemente da modalidade de convite, que pode ser recusada sem que, por isso, haja qualquer sanção, a convocação é obrigatória. Caso não compareça, Braga Netto poderá responder por crime de responsabilidade.

Leia também: “Mourão defende ‘princípio da antiguidade’ para escolha de novo comando das Forças Armadas”

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.