Comissão do voto ‘impresso’ volta a se reunir nesta sexta

Presidente da Câmara, Arthur Lira, já sinalizou que palavra final sobre o tema será do plenário da Casa
-Publicidade-
Comissão do voto impresso auditável | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste
Comissão do voto impresso auditável | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste

Após rejeitar a proposta de voto impresso auditável, a comissão especial da Câmara que discute o tema volta a se reunir nesta sexta-feira, 6. Por 23 a 11, o colegiado rejeitou o parecer do relator, Filipe Barros (PSL-PR), que era favorável à implementação do comprovante de voto.

Agora, os deputados devem votar um outro parecer que reflita a vontade da maioria dos integrantes da comissão especial e que pode sugerir, inclusive, o arquivamento da proposta. A previsão é que a comissão volte a se reunir às 18 horas.

Leia mais: “Procuradoria do DF ratifica denúncia da Lava Jato contra Lula, Palocci e Odebrecht”

-Publicidade-

O presidente da comissão, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), havia indicado o deputado Júnior Mano (PL-CE) para redigir o parecer vencedor, mas o deputado declinou, o que pode inviabilizar a sessão desta sexta-feira.

Ontem, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que, mesmo derrotada no colegiado, o projeto poderá ser analisado pelo plenário. “Comissões especiais não são terminativas, são opinativas, então sugerem o texto, mas qualquer recurso ao plenário pode ser feito”, pontuou.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro