Comissão que discute liberação de remédio à base de Cannabis é palco de bate-boca entre deputados

Paulo Teixeira (PT-SP) alega ter sido agredido pelo colega Diego Garcia (Podemos-PR), que nega a agressão
-Publicidade-
Deputados bateram boca nesta terça-feira, 18
Deputados bateram boca nesta terça-feira, 18 | Foto: Reprodução/YouTube

Parlamentares que compõem a comissão instalada na Câmara dos Deputados para debater a liberação do comércio de medicamentos à base de Cannabis trocaram farpas durante sessão realizada nesta terça-feira, 18.

O presidente da comissão, Paulo Teixeira (PT-SP), alegou ter sido agredido pelo deputado federal Diego Garcia (Podemos-PR), que negou a agressão. Imagens da TV Câmara mostram o momento em que Garcia caminha em direção a Teixeira e faz um movimento com o braço.

-Publicidade-

Leia também: “Câmara retoma nesta segunda discussão sobre cultivo de maconha”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários

  1. É mais que isso, o PT quer LIBERAR GERAL! Tem substitutivo no relatório que autoriza o uso RECREATIVO da maconha, ou seja, para a indústria fazer BOLOS, DOCES, TECIDOS e tudo que se possa imaginar com a DROGA. Segundo o Senador Eduardo Girão o Brasil pode se tornar o MAIOR PRODUTOR DA DROGA NO MUNDO. Tá bom pra vc?
    Esta é a guerra!!
    #PL399NUNCA

  2. Com o Sinédrio soltando todos os traficantes e o chefe do PCC , podemos sim virar um Narco país, e se o golpinho das urnecas fraudadas der certo e o sem dedo voltar!! ai já tem o esquema com a Bolivia ali né já viu.
    Tudo dominado e alguns ai ganhando muito e nossos filhos condenadois a um Pais Narco e com ideologias de genero pra todo lado, libera geral

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro