Congresso volta com auxílio em dobro para pais solteiros

Votado pelo Legislativo, projeto propõe o pagamento em dobro do auxílio emergencial para pais solteiros; Bolsonaro vetou trecho na primeira vez que foi proposto
-Publicidade-
Trabalho acadêmico informa que o auxílio emergencial deve atenuar os impactos do coronavírus na economia | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Trabalho acadêmico informa que o auxílio emergencial deve atenuar os impactos do coronavírus na economia | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Trabalho acadêmico informa que o auxílio emergencial deve atenuar os impactos do coronavírus na economia | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Votado pelo Legislativo, projeto propõe o pagamento em dobro do auxílio emergencial para pais solteiros; Bolsonaro vetou trecho na primeira vez que foi proposto

auxílio dobro pais
Trabalho acadêmico informa que o auxílio emergencial deve atenuar os impactos do coronavírus na economia | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O Senado aprovou um projeto que traz de volta a possibilidade de pais solteiros receberem em dobro o auxílio emergencial de R$ 600. O presidente Jair Bolsonaro havia vetado esse trecho da primeira vez que foi proposto. Como já havia sido aprovado na Câmara, o texto segue agora para a sanção presidencial.

-Publicidade-

Além disso, o projeto traz um dispositivo que pretende proteger as mães solteiras e chefes de família de desvios no auxílio a que têm direito. Isso porque o novo texto dá prioridade para elas caso haja duplicidade no cadastro para os R$ 600.

Ou seja, se uma mãe e um pai que não formam uma mesma família pedirem o auxílio usando os dados dos mesmos filhos como dependentes, o dinheiro será enviado à mãe. Isso acontecerá mesmo se ela efetuar o cadastro depois do homem.

Caso seja o homem que detiver a guarda monoparental dos filhos, este poderá questionar o pagamento por meio da plataforma digital do auxílio emergencial. O texto segue para sanção presidencial.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.