-Publicidade-

CoronaVac: Butantan faz novo pedido de uso emergencial

Solicitação é referente a mais 4,8 milhões de doses do imunizante
CoronaVac está sendo desenvolvida em São Paulo
CoronaVac está sendo desenvolvida em São Paulo | Foto: Divulgação/Instituto Butantan

O Instituto Butantan protocolou novo pedido junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira, 18. Um dia após ter aprovado o uso emergencial de 6 milhões de doses da CoronaVac, o órgão solicitou a validação de outras 4,8 milhões de doses da vacina contra a covid-19.

Leia mais: “Vacina da Oxford: Fiocruz produzirá 700 mil doses por dia”

A solicitação da vez completa o número de doses que o Instituto Butantan, de São Paulo, já recebeu do laboratório chinês Sinovab Biotech: 10,8 milhões. Em contrato firmado ainda em 2020, o órgão paulista deve receber até abril mais outras 35,2 milhões de doses do imunizante contra o novo coronavírus.

Diretor-presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas afirma que a solicitação de agora deve abranger mais doses da vacina. “A primeira partida é de 4 milhões e 800 mil já em disponibilidade na medida em que for feita essa segunda autorização, afirma Covas, conforme divulga a Agência Brasil. “Uma vez aprovado, daí a produção do Butantan será feita de acordo com essa autorização, isto é, não haverá a necessidade de todo o lote ser requisitado [o pedido emergencial], podendo chegar a uma produção adicional de 35 milhões de doses.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Vai encalhar. Se eu posso tomar a vacina de Oxford com 90% de eficiência, porque tomaria a chinesa com 50% de eficiência? A Fiocruz vai produzir mais de 20 milhões de doses por mês. Não faz sentido comprar uma que tem quase a metade da eficiência e por mais do dobro do preço. Se o Dória quiser que compre para aplicar em SP e com dinheiro do estado. Chega de politicagem.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês