Covas libera aulas presenciais nas universidades a partir de 7 de outubro

Já no Ensino Infantil, Fundamental e Médio a reabertura foi autorizada apenas para atividades de reforço
-Publicidade-

Já no Ensino Infantil, Fundamental e Médio a reabertura foi autorizada apenas para atividades de reforço

Bruno Covas
Prefeito de São Paulo, Bruno Covas | Foto: Reprodução/Prefeitura de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), autorizou a retomada das aulas presenciais para alunos do ensino superior a partir do dia 7 de outubro.

-Publicidade-

A decisão vale para o ensino público e privado e foi anunciada em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 17.

LEIA MAIS: Impostos de importação sobre vacinas de covid-19 são zerados

“Não tem mais sentido, com os dados que nós temos, continuar a proibir o ensino superior na cidade”, destacou o tucano.

Covas destacou que será necessário manter as medidas sanitárias de distanciamento e que respeita a autonomia de cada universidade.

Já no Ensino Infantil, Fundamental e Médio a reabertura foi autorizada apenas para atividades de reforço na mesma data. A definição sobre a retomada das aulas regulares para esses alunos só deve ser definida em novembro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.