CPI da Covid ouve hoje diretora de empresa que presta serviços de logística para o Ministério da Saúde

Companhia estaria envolvida em suposto esquema irregular de vacina
-Publicidade-
Inicialmente, a CPI ouviria hoje o depoimento do motoboy Ivanildo Gonçalves
Inicialmente, a CPI ouviria hoje o depoimento do motoboy Ivanildo Gonçalves | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Andréia Lima, diretora-presidente da VTCLog, presta depoimento nesta terça-feira, 31, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. A empresa é responsável por serviços de logística do Ministério da Saúde (MS), incluindo o transporte e a distribuição de vacinas contra o novo coronavírus.

A VTCLog entrou na mira da CPI depois de os senadores desconfiarem dos valores movimentados pela companhia e pelo MS. O nome da empresa surgiu quando os parlamentares começaram a investigar os contratos entre a pasta e colaboradores, após supostas irregularidades envolvendo a Covaxin.

Inicialmente, a CPI ouviria hoje o depoimento do motoboy Ivanildo Gonçalves, que teria feito saques de R$ 4 milhões a pedido da VTCLog, considerados “estranhos” pela CPI. Contudo, o ministro do Supremo Tribunal Federal Nunes Marques garantiu a Ivanildo o direito de não comparecer à oitiva.

-Publicidade-

Leia também: “A CPI virou um monstro”, artigo de Silvio Navarro publicado na Edição 72 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro