CPI da Covid ouve hoje representante de companhia que teria recebido pedido de propina

Luiz Paulo Dominguetti sustenta que o ex-diretor do Ministério da Saúde Roberto Dias queria superfaturar vacinas
-Publicidade-
Conforme denúncia, a negociação envolvia 400 milhões de doses do imunizante da Oxford
Conforme denúncia, a negociação envolvia 400 milhões de doses do imunizante da Oxford | Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Luiz Paulo Dominguetti, representante da empresa Davati Medical Supply que diz ter recebido pedido de propina de Roberto Dias, agora ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde (MS), presta depoimento nesta quinta-feira, 1°, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Dominguetti revelou que, em fevereiro deste ano, Dias solicitou US$ 1 por dose da vacina da Oxford, irregularmente.

Conforme a notícia, a negociação envolvia 400 milhões de doses do imunizante por US$ 3,50 a dose, num custo total de US$ 1,4 bilhão (R$ 7 bilhões, na cotação atual). Na oitiva de hoje, os senadores querem esclarecimentos acerca do suposto esquema, bem como informações sobre “o grupo” citado por Dominguetti — o executivo insinuou haver uma equipe responsável por fraudes no MS. Depois do caso, a pasta exonerou Roberto Dias.

AstraZeneca

-Publicidade-

O ex-diretor de Logística sustenta que a Davati Medical Supply argumentou ser intermediária da farmacêutica no Brasil. Em nota divulgada à imprensa, a AstraZeneca informou que não tem representantes no país. As tratativas para venda de imunizantes são feitas diretamente com governos.

Leia também: “Circo Parlamentar de Inquérito”, reportagem publicada na Edição 61 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. É cristalina como água de cachoeira a participação de Bonoro nessa maracutaia, a despeito de o cidadão do Ministério ser um anteposto de Mandetta. Hoje o Bozo cai. Kkkkkkkkkk

    1. Esqueceu de ler o final da reportagem. A ASTRAZENECA EMITIU COMUNICADO QUE NAO POSSUI REPRESENTANTES . NEGOCIA DIRETO COM OS GOVERNOS. O depoente é FAKE

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site