CPI vai acusar Mayra Pinheiro no Tribunal de Haia por crime contra a humanidade, informa jornal

Decisão é do relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL)
-Publicidade-
Mayra Pinheiro segue na mira da CPI da Covid
Mayra Pinheiro segue na mira da CPI da Covid | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 vai acionar o Tribunal Penal Internacional de Haia contra a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mayra Pinheiro, por crime de lesa-humanidade. A informação é do colunista Guilherme Amado, do portal Metrópoles.

De acordo com o jornalista, os senadores dizem ter provas de que a médica “usou a população de Manaus como cobaia para experimentos científicos com a cloroquina”. Os parlamentares acusam Mayra de cometer crime contra a humanidade ao dirigir a ação do Estado para promover o uso de medicamentos “prejudiciais” aos manauaras.

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), decidiu que a acusação será feita à instância internacional.

-Publicidade-

Outras ações da CPI da Covid

A CPI aprovou um pedido para afastar Mayra Pinheiro do cargo que exerce no Ministério da Saúde e já determinou a quebra do sigilo telefônico e de mensagem da secretária.

Leia também: “Mayra Pinheiro rebate pedido de afastamento pela CPI: ‘Desacato à Justiça’”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro