Dallagnol: ‘Fui censurado por ter defendido a causa anticorrupção’

Ex-coordenador da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba disse esperar que a decisão do CNMP seja revertiva
-Publicidade-
Ex-coordenador da força tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol | Foto: Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Ex-coordenador da força tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol | Foto: Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba disse esperar que a decisão do CNMP seja revertida no Supremo

Dallagnol
Deltan Dallagnol, ex-coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná 
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
-Publicidade-

Após ser punido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o ex-coordenador da Lava Jato do Paraná Deltan Dallagnol afimou nesta terça-feira, 8, que foi censurado por ter defendido a causa anticorrupção.

O procurador disse que discorda da decisão e espera que ela seja revertida no Supremo Tribunal Federal.

Leia mais: “Quem vai mandar na Lava Jato?”, reportagem de capa da edição desta semana da Revista Oeste

Ele destacou que sua atuação contra a corrupção é feita de modo “proativo, aguerrido e apartidário”.

O CNMP puniu Dallagnol com censura por interferência na votação para a presidência do Senado em 2019.

A representação foi apresentada pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que acusou Dallagnol de ter influenciado, pelas redes sociais, a eleição para a presidência do Senado em 2019.

Na prática, a penalidade de censura é a segunda mais grave aplicada pelo conselho. Ela atrasa a progressão na carreira e serve de agravante em outros processos.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comments

  1. A Justiça de mãos dadas com parte do Parlamento, todos apoiados pela mídia venal, com adeptos na marginalidade, nos sindicalistas, docentes e estudantes jovens e inexperientes, formam um conjunto orgânico que atua harmoniosamente formando a maior Organização Criminosa já verificada no País!

  2. Então, prontuário ambulante do Renan Calheiros pune Deltan? Renan tem mais de uma duzia de processos e nunca é preso. Parece que os bandidos estão quase prendendo o xerife. Pobres de nós.

  3. Antes de mais nada nosso apoio a dalanhol. Devemos muito ao seu trabalho que expôs as entranhas donsisurema corrupto e apodrecido ; segundo, já perceberam com o já está pipocando ” casos” envolvendo figuras do judiciário ou do ambiente: delacoes contra dias tofoli feita pela Odebrecht, agora o presidente da OAB é delatado pelo empresário da Fecomércio…o bicho está pegando. Roberto Jefferson afirma que vem chumbo grosso por aí no tocante aos mandantes de Adélio. Será verdade? Se for como está começando a rolar nas redes sociais, o Brasil vai tremer.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site