‘De novo vai começar esse negócio?’, reclama Bolsonaro de pedido da Anvisa

'Ninguém vai superar os problemas do Brasil dentro de casa. Chega do fique em casa e economia vê depois', disse
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Reprodução/CNI
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Reprodução/CNI

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou nesta terça-feira, 7, uma recomendação feita pela Anvisa para que o Brasil adote o chamado passaporte da vacina para a entrada de viajantes estrangeiros.

“Estamos trabalhando agora com a Anvisa, que quer fechar o espaço aéreo. De novo, porra? De novo vai começar esse negócio?”, afirmou em evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

-Publicidade-

O presidente continuou: “Ah, a Ômicron. Vai ter um montão de vírus pela frente, de variantes talvez. Peço a Deus que esteja errado. Temos que enfrentar. Temos aqui o Braga Netto, ministro da Defesa, ninguém vai ganhar a guerra na trincheira”.

“Ninguém vai superar os problemas do Brasil dentro de casa. Chega do fique em casa e a economia a gente vê depois”, finalizou.

Após a fala do presidente, a Anvisa negou que tenha sugerido o fechamento do espaço aéreo. O que a agência pediu foi que o governo adote medidas mais rígidas no acesso de viajantes ao país.

No mesmo evento, Bolsonaro afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, é “a confiança no mercado”.

“Brasil mais do que recuperou credibilidade lá fora. Brasil é uma certeza. E obviamente nós temos que estar confiantes aqui também”, disse o presidente.

O presidente também disse que o governo “faz por merecer” a confiança que recebe. “Desculpe a modéstia”, declarou, em seguida. Por outro lado, pediu aos líderes industriais presentes que sigam confiando no Executivo.

Bolsonaro ainda citou uma série de medidas que considera importantes na sua gestão. Ele falou, por exemplo, que o governo federal deixou de passar dinheiro para organizações não governamentais.

“Quando se faz uma quimioterapia, muitas células saudáveis morrem para salvar o paciente. Não podemos dar chances de esse pessoal continuar infernizando o campo”, afirmou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.